Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP ajuda bolsa a manter-se em alta numa Europa mista

A bolsa nacional segue a negociar em terreno positivo, animado essencialmente pelo BCP e pela Portugal Telecom. Na Europa a tónica é mista, antes de ser revelado o relatório da produção industrial nos Estados Unidos relativo ao mês de Dezembro.

Andreia Major amajor@negocios.pt 03 de Janeiro de 2012 às 13:30
  • Partilhar artigo
  • ...
O PSI-20 avança 0,36% para 5.631,47 pontos, com 10 cotadas em alta e 10 cotadas em queda. Na Europa, os mercados do Velho Continente apresentam uma tendência mista, no dia em que será divulgado o relatório da produção industrial nos Estados Unidos de Dezembro.

Por cá, o BCP e a Portugal Telecom são as cotadas que mais impulsionam o índice nacional. O banco liderado por Carlos Santos Ferreira soma 4,90% para 0,15 euros e esta é a oitava sessão em que sobe.

O possível interesse dos chineses em deter uma participação no banco português, na sequência da venda da posição estatal da EDP à China Three Gorges, continua a ser o suporte da valorização do banco e do sector bancário no geral.

Ainda na banca, o BPI soma 1,84% para 0,497 euros, enquanto que o Banif recua 1,17% para os 0,337 euros. Também o BES está a contrariar o desempenho positivo e cai 1,26% para 1,334 euros.

Segue-se a empresa de telecomunicações Portugal Telecom, a ganhar 1,09% para 4,54 euros. A impulsionar o índice em terceiro lugar está a Jerónimo Martins, que aprecia 0,54% para 13,095 euros.

Ontem, a retalhista anunciou que os 56% que a família Soares dos Santos tem na SGPS passaram a ser controlados indirectamente, através de uma sociedade cuja sede está na Holanda. Em terreno negative está a sua concorrente Sonae, que cede 0,43% para 0,466 euros.

A Zon está também a contribuir para a alta do índice com um elevado impacto. A empresa multimédia valoriza 3,20% para 2,549 euros. A desblindagem dos estatutos, que será discutida em Assembleia-geral a 30 de Janeiro tem estado a suportar os avanços da operadora, com os rumores de uma consolidação e de reforços accionistas.

Ainda a negociar em alta estão a Sonaecom, que beneficia destes rumores e avança 1,38% para 1,251 euros, e a Sonae Indústria, que ganha 5,17% e está nos 0,692 euros.

No sector das energias, a EDP sobe 0,12% para 2,463 euros, ao contrário da EDP Renováveis, cujo desempenho negativo impede um maior avanço do índice. A empresa de energias verdes desliza 1,32% e está nos 4,70 euros.

Já a Galp Energia ganha 0,26% para 11,77 euros apesar da subida dos preços do petróleo nos mercados internacionais, e a REN perde 0,91% para 2,074 euros.

A travar maiores ganhos do índice estão, para além das cotadas já mencionadas, a Cimpor, a ceder 2,06% para 5,191 euros, e a Brisa, que recua 0,19% para 2,625 euros.

A Mota-Engil desvaloriza 0,86% para 1,041 euros, e a Semapa desce 0,73% para 5,43 euros.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa BCP Zon Sonae Portugal Telecom Jerónimo Martins
Outras Notícias