Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP deve investir 65 milhões de euros para manter posição na EDP

O Banco Comercial Português deve realizar um investimento de 65 milhões de euros para manter a sua posição de 5,38% no capital da Energias Portugal, segundo os cálculos do BPI.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 12 de Novembro de 2004 às 13:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Banco Comercial Português deve realizar um investimento de 65 milhões de euros para manter a sua posição de 5,38% no capital da Energias Portugal, segundo os cálculos do BPI.

Depois de ontem a Brisa ter anunciado que vai acompanhar o aumento de capital, hoje o «Semanário Económico» noticiou que também o BCP irá participar na operação, de modo a manter a participação accionista de 5,38% no capital da eléctrica.

Segundo o BPI, caso o BCP subscreva todos os direitos do aumento de capital que recebeu, fará um investimento de 65 milhões de euros. Oficialmente o banco de Jardim Gonçalves ainda não anunciou a sua decisão definitiva.

«Na nossa perspectiva, esta operação é neutra para o banco, pois não terá um impacto material nos rácios de solvência», diz o BPI.

Contudo, o banco de investimento não exclui a possibilidade de e BCP, «eventualmente desinvestir uma maior posição (tal como fez no Sabadell) dado as novas regras de contabilidade IAS surgirem em 2005».

EDP com garantia de quase metade do capital subscrito

O BPI diz também que a provável decisão de o BCP acompanhar o aumento de capital é «ligeiramente positiva para a EDP. « Se somarmos a Brisa e o BCP, com o Estado português e a Iberdrola, cerca de 520 milhões de euros do aumento de capital (1,2 mil milhões de euros) parece estar já subscrito», refere o banco de investimento.

As acções da EDP [edp] seguiam a descer 1,7% para os 2,31 euros e os direitos [edpds], com 23 milhões de títulos transaccionados, seguiam nos 0,10 euros.

Outras Notícias