Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP e Brisa suportam ganhos do PSI-20

A bolsa nacional mantém a tendência de ganhos verificada na abertura da negociação de hoje, impulsionada pela valorização dos títulos do BCP e da Brisa. O PSI-20 sobe 0,06%, numa sessão em a Soares da Costa dispara mais de 7% depois de ontem ter sido divu

Paulo Moutinho 12 de Setembro de 2006 às 12:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional mantém a tendência de ganhos verificada na abertura da negociação de hoje, impulsionada pela valorização dos títulos do BCP e da Brisa. O PSI-20 sobe 0,06%, numa sessão em a Soares da Costa dispara mais de 7% depois de ontem ter sido divulgado que lidera a Lista de Espera da Euronext Lisbon para a entrada no índice principal.

O principal indica da bolsa de Lisboa [psi20] avançava para os 9.943,56 pontos, com oito das vinte cotadas a apreciar, sete em queda e cinco acções sem variação.

Com esta subida, o PSI-20 está a acompanhar os ganhos das congéneres europeias, que depois da quebra verificada após a notícia de que a Embaixada dos EUA em Damasco tinha sido alvo de um ataque de rebeldes, regressam às subidas impulsionadas pelas tecnológicas.

Na Euronext Lisbon, o Banco Comercial Português (BCP) [bcp] é o título que mais impulsiona o índice, com uma valorização de 0,42% para 2,41 euros.

Na restante banca, o alvo da OPA do BCP, o Banco BPI [bpin] seguia sem variação nos 5,83 euros, enquanto o BES [besnn] perdia 0,08% para 12,05 euros, no dia em que a Hermer, a gestora de fundos da British Telecom comunicou à CMVM que passou a deter mais de 2% do capital do banco liderado por Ricardo Salgado.

Também a contribuir para a subida do PSI-20 está a concessionária de auto-estradas Brisa [brisa], que aprecia 0,48% para 8,35 euros.

A Energias de Portugal [edp], que tem vindo a ser alvo de reduções de recomendação e de preço-alvo por parte dos bancos de investimento norte-americanos como a Goldman Sachs, Lehman Brother e Citigroup, segue estável nos 3,06 euros, com cerca de 2,4 milhões de títulos negociados.

A Sonae Indústria [soni] ganhava 0,72% para cotar nos 7,02 euros, naquela que é já a sétima sessão consecutiva em que os títulos da empresa não cedem "terreno".

Em sentido inverso, e a impedir maiores ganhos do PSI-20, segue a "holding" de Belmiro de Azevedo, a Sonae SGPS [son], que desce 0,76% para 1,30 euros.Também com tendência negativa está a Sonaecom [snc], que perde 0,21% para 4,86 euros.

A Portugal Telecom [ptc] que vai apresentar os seus resultados referentes ao primeiro semestre do ano, e que segundo os analistas contactados pela Reuters deverão atingir os 294 milhões de euros, segue estável nos 9,80 euros, enquanto a PT Multimédia [ptm] avança 0,21% para 9,56 euros.

Fora do PSI-20, a Soares da Costa [sco] volta a estar em destaque. As acções da empresa registam uma valorização de 7,81% para 0,69 euros, tendo sido negociadas mais de 5,5 milhões de acções, isto depois de ontem a Euronext Lisbon ter anunciado que a empresa encabeça a lista de espera para entrar no índice principal na próxima revisão ordinária do índice.

Outras Notícias