Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP e PT pressionam bolsa portuguesa

A bolsa portuguesa mantém a tendência de queda pressionada pelo BCP e pela Portugal Telecom. O PSI-20 recua 0,19% no dia em que o BPI já atingiu o valor mais elevado de sempre ao negociar nos 6,82 euros.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 13 de Março de 2007 às 10:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa portuguesa mantém a tendência de queda pressionada essencialmente pelo Banco Comercial Português e pela Portugal Telecom. O PSI-20 recua 0,19% no dia em que o BPI já atingiu o valor mais elevado de sempre ao negociar nos 6,82 euros.

O principal índice da bolsa nacional [psi20] negoceia nos 11.685,26 pontos com sete títulos a subir, nove a descer e quatro inalterados.

A pressionar a bolsa lisboeta está o BCP [bcp] que hoje já desvalorizou mais de 2% a corrigir dos ganhos registados na sessão de ontem. Os títulos do banco liderado por Paulo Teixeira Pinto recuam 1,46% para os 2,70 euros.

O Banco BPI [bpi] segue em sentido contrário e já renovou o máximo histórico ao negociar nos 6,82 euros. Neste momentto, sgeue a subir 0,15% para os 6,71 euros. O mercado acredita que o BCP vai subir o valor da oferta sobre o BPI, que está actualmente nos 5,70 euros por acção.

A contribuir também para as perdas do mercado português está também a Portugal Telecom [ptc] a cair 0,40% para os 9,91 euros. A PT Multimédia [ptm] recua 0,45% para os 11,05 euros.

As acções da Galp Energia [galp pl] desvalorizam 0,41% para os 7,32 euros.

A impedir maiores perdas está o Banco Espírito Santo [besnn] que valoriza 0,83% para os 14,52 euros. O banco liderado por Ricardo Espírito Santo foi ilibado de um alegado caso de fraude fiscal em Espanha.

A Sonae [son] valoriza 0,34% para os 1,58 euros e as acções da Sonaecom [snc] recuam 0,42% para os 4,78 euros. A sua participada, Modelo Continete, anunciou ontem lucros que agradaram aos analistas.

A Brisa [brisa] sobe 0,30% para os 9,90 euros e a Cimpor [cimp] avança 0,48% para os 6,27 euros.

No sector da construção, as acções da Mota-Engil [egl] caem 0,87% para os 5,70 euros e a Semapa [sema] recuam 0,91% para os 10,90 euros. Fora do PSI-20, a Soares da Costa [sco] desvaloriza 1,11% para os 0,89 euros.

Outras Notícias