Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal Telecom perde 9,8% em três dias

A desvalorização de 9,8% que a Portugal Telecom sofreu desde a apresentação de resultados e anunciou um corte de dividendos, na quarta-feira, levou-a a perder peso no índice PSI-20. O BCP, que valorizou, ultrapassou a operadora em termos de peso no índice principal.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 16 de Agosto de 2013 às 17:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 17
  • ...

A desvalorização das acções da Portugal Telecom (PT) nas últimas sessões levou-a a perder peso no principal índice bolsista. A cotada perdeu 10,6% do seu valor de mercado desde quarta-feira.

 

A evolução das acções levou a Portugal Telecom a perder a quinta posição no "ranking" de cotadas com maior influência na cotação do PSI-20. Ainda que a capitalização bolsista não seja o único critério a determinar o peso de cada cotada no índice principal, as recentes descidas levaram o BCP a ultrapassar a operadora em termos de peso no índice.

 

A operadora liderada por Henrique Granadeiro viu o seu valor de mercado cair mais de 10% nas três sessões desde que apresentou os resultados consolidados e anunciou o corte do dividendo anual em 70%. Um desempenho que compara com um avanço de 1,9% do BCP, no mesmo período. Já o PSI-20 recuou 0,3% nas últimas três sessões mas registou um desempenho menos negativo do que o da operadora.

 

A contribuir para as perdas da Portugal Telecom estiveram os resultados piores do que esperado da Oi, no Brasil, e a alteração profunda à política de remuneração accionista. A cotada que chegou a ser a telecom europeia com o maior rendimento do dividendo, passou a pagar um dos dividendos mais pequenos do sector. A componente fixa da remuneração accionista é de 10 cêntimos por ano, o que reduz a “dividend yield” para cerca de 3%.

Ver comentários
Saber mais Portugal Telecom PSI-20 bolsa
Mais lidas
Outras Notícias