Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP sobe preço-alvo da Brisa em 7,45% para 10,10 euros

O Millennium bcp investimento reviu em alta o preço-alvo para as acções da Brisa, que aumentou para os 10,10 euros. No entanto, este valor é inferior à actual cotação dos títulos, por isso o banco mantém a recomendação de "reduzir".

Patrícia Silva Dias patriciadias@negocios.pt 10 de Julho de 2007 às 11:19
  • Partilhar artigo
  • ...

O Millennium bcp investimento reviu em alta o preço-alvo para as acções da Brisa, que aumentou para os 10,10 euros. No entanto, este valor é inferior à actual cotação dos títulos, por isso o banco mantém a recomendação de "reduzir".

O analista António Seladas subiu o "target" das acções da Brisa de 9,40 euros para 10,10 euros, valor que representa um aumento de 7,45%. Mas volta a recomendar aos investidores "reduzir" as suas posições na concessionária de auto-estradas.

A nova avaliação tem como principal novidade a inclusão da concessão da Northwest Parkway, nos Estados Unidos, na qual a Brisa detém 90%. O Millennium bcpi avalia esta concessão em 651 mil milhões de dólares (equivalente a perto de 477 mil milhões de euros), o que supera o investimento realizado pela empresa portuguesa, que ascendeu a 543 mil milhões de dólares (397,9 mil milhões de euros).

António Seladas alerta os investidores para o facto de a nova avaliação assumir "que será permitido à administração da Brisa escolher a melhor estrutura financeira para suportar os activos convertíveis das principais concessões".

As acções da Brisa mantêm-se inalteradas nos 10,25 euros.

Ver comentários
Outras Notícias