Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Benfica SAD afunda 10% com OPA “inoportuna” de Berardo

As acções da Benfica SAD acentuaram as perdas na sessão, tendo afundado um máximo de 10%, depois do Conselho de Administração do clube da Luz ter considerado de “inoportuna” a oferta pública de aquisição (OPA) lançada por Joe Berardo.

Paulo Moutinho 10 de Julho de 2007 às 11:46
  • Partilhar artigo
  • ...

As acções da Benfica SAD acentuaram as perdas na sessão, tendo afundado um máximo de 10%, depois do Conselho de Administração do clube da Luz ter considerado de "inoportuna" a oferta pública de aquisição (OPA) lançada por Joe Berardo.

Os títulos da SAD encarnada [slben] seguem a perder 8,33% para os 3,85 euros, mas caíram um máximo de 10,71% durante a negociação de hoje.

As perdas acentuaram-se depois de ter sido conhecida a reacção da Benfica SAD à OPA apresentada pelo comendador Joe Berardo. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Conselho de Administração classificou a oferta de "inoportuna".

Joe Berardo lançou uma OPA sobre a Benfica SAD, oferecendo uma contrapartida de 3,50 euros por cada acção. Desde então, os títulos têm vindo a transaccionar acima deste valor.

As acções da SAD dispararam no final da semana passada, depois de ter sido noticiado que investidores chineses poderiam avançar com uma OPA concorrente. Os títulos subiram mais de 65% e voltaram a cotar acima dos 5 euros, fechando em alta de 21%.

Ontem, a não concretização de uma oferta concorrente penalizou as acções dos encarnados que fecharam a descer mais de 6%, tendência que mantêm na sessão de hoje.

Apesar da quebra, os título da Benfica SAD continuam a transaccionar acima dos 3,50 euros oferecidos por Joe Berardo. O Benfica afirma, no comunicado emitido hoje, que a oferta de 3,50 euros é inferior em mais de 11% à cotação média ponderada das acções desde a estreia em bolsa até ao dia 14 de Junho.

Ver comentários
Outras Notícias