Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BlackRock reforça nos CTT para 2,56%

A gestora norte-americana de investimentos anunciou um aumento da sua participação na empresa liderada por Francisco Lacerda.

No ano em que as acções perderam quase metade do valor, o fundo soberano da Noruega reduziu a posição nos CTT para 3,29% do capital. Só na Nos a posição accionista é superior, mas a exposição do Norges Bank aos Correios caiu para quase metade (166 milhões de coroas). Bem abaixo do máximo registado em 2015 (372 milhões).
Negócios jng@negocios.pt 18 de Junho de 2018 às 18:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A BlackRock reforçou, no passado dia 15 de Junho, a sua posição nos CTT, que passou de 2,01% para 2,56% do capital social do banco, segundo o comunicado divulgado hoje na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Entre os accionistas de referência dos CTT contam-se a Gestmin (12,58%), Global Portfolio Investments (5,66%), Norges Bank (agora com 4,27%), Crédit Suisse (3,31%), BlackRock (2,56%), BBVA Asset Management (2,33%) e Wellington Management Group (2,07%).

 

Os CTT impulsionaram, esta segunda-feira, o índice de referência da bolsa nacional. A empresa liderada por Francisco Lacerda encerrou a somar 0,61% para 2,956 euros.

A empresa liderada por Francisco Lacerda entregou aos accionistas mais do dobro dos lucros obtidos em 2017, tendo distribuído dividendos a partir de 18 de Maio. Foi a única cotada com um "payout" acima de 200%.

Ver comentários
Saber mais Francisco Lacerda BlackRock CTT
Mais lidas
Outras Notícias