Bolsa Bolsa recua de máximos com BCP e EDPR a penalizar

Bolsa recua de máximos com BCP e EDPR a penalizar

A bolsa nacional acompanha a tendência de queda ligeira das praças europeias, depois dos resultados abaixo do esperado da Apple e antes da reunião da Fed.
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 03 de maio de 2017 às 08:15

O PSI-20 abriu a cair 0,12% para 5.111,91 pontos, com sete cotadas em baixa, nove em alta e três sem variação. Nas praças europeias a tendência é também de queda, com as acções a serem penalizadas pelos resultados da Apple, que falharam as estimativas dos analistas.

 

Os investidores mostram também cautela antes do final da reunião da Reserva Federal, que deverá esta tarde dar mais indicações sobre a evolução da taxa de juro na maior economia do mundo. E antes do Eurostat divulgador os dados referentes ao PIB da Zona Euro no primeiro trimestre.

 

O índice da bolsa nacional está também a corrigir do máximo de mais de um ano que ficou na sessão de ontem, com as cotadas que mais contribuíram para esta subida a registarem hoje u movimento contrário.  

 

É o caso do Banco Comercial Português, que desce 1,03% para 21,15 cêntimos. Os investidores estão já de olhos postos nos resultados do primeiro trimestre que serão publicados na próxima semana e os analistas do CaixaBI antecipam uma queda de 13,7% para 40,3 milhões de euros.

 

A EDP Renováveis já anunciou esta manhã as contas dos primeiros três meses do ano, com os lucros a descerem 9% para 68 milhões de euros, um valor ligeiramente abaixo das estimativas, o que está a pressionar as acções (-0,71% para 7,00 euros). A EDP, que anuncia os resultados após o fecho da sessão, soma 0,26% para 3,087 euros.

 

Ainda a pressionar o PSI-20, a Jerónimo Martins recua 0,15% para 16,375 euros e a Galp Energia desvaloriza 0,11% para 14,04 euros. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI