Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa sobe à boleia do BCP e da Jerónimo. Corticeira dispara 4%

A bolsa nacional regressou aos ganhos esta quinta-feira, depois de ontem o vermelho ter-se sobreposto na generalidade dos mercados europeus. Os ganhos dos BCP e da Jerónimo, num arranque de sessão marcado por novo máximo histórico da Corticeira são os destaques.

A carregar o vídeo ...
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 23 de Março de 2017 às 08:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • 19
  • ...

O PSI-20 sobe 0,19% para 4.628,43 pontos, com 10 cotadas em alta, sete em queda e duas inalteradas. Entre os congéneres euroupeus a tendência é indefinida neste arranque de sessão, com alguns índices a subirem e outros a caírem e com oscilações pouco acentuadas.

Na praça nacional, o BCP está a apreciar 0,67% para 0,1665 euros, depois de ontem o CaixaBI ter reiniciado a cobertura das acções, com uma recomendação de "comprar" e um preço-alvo para o final de 2017 de 25 cêntimos.


A animar a negociação está também a Jerónimo Martins, ao subir 0,55% para 15,565 euros, bem como os CTT, que crescem 0,61% para 4,819 euros.

Destaque para a Corticeira Amorim, que está a disparar 4,20% para 10,42 euros neste arranque de sessão, atingindo um novo máximo histórico, sem que haja notícias que justifiquem o comportamento.

Do lado oposto, destaque para a Pharol que está a perder 1,08% para 0,368 euros, depois de ter sido conhecido, durante a noite, que a operadora de telecomunicações brasileira Oi agravou os prejuízos em 2016 para os 7.121 milhões de reais (2,14 mil milhões de euros). Além do comunicado emitido pela operadora detida em 27% pela Pharol, e de acordo com notícias avançadas pela imprensa, o conselho de administração da Oi aprovou um novo plano de recuperação, que prevê a entrega imediata de 25% do capital da companhia aos credores.

No sector da energia, a EDP ajuda à subida, ao ganhar 0,24% para 2,929 euros, enquanto a EDP Renováveis desce 0,02% para 6,119 euros. Já a Galp Energia recua 0,15% para 13,405 euros, ainda a reflectir as quedas acentuadas do petróleo nos últimos dias. A matéria-prima está hoje a aliviar parte das quedas, subindo 0,43% para 50,86 dólares por barril em Londres, mercado de referência para Portugal. Ainda assim, desde o início do ano, o petróleo continua a acumular uma queda superior a 10%.

(Notícia actualizada às 08:14 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 mercados
Outras Notícias