Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa abre a perder mais de 1%

A bolsa nacional abriu a desvalorizar, pressionada essencialmente pelo BCP, EDP e Portugal Telecom. O PSI-20 deprecia 1,02% acompanhando o sentimento negativo dos congéneres europeus.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 02 de Setembro de 2009 às 08:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...
A bolsa nacional abriu a desvalorizar, pressionada essencialmente pelo BCP, EDP e Portugal Telecom. O PSI-20 deprecia 1,02% acompanhando o sentimento negativo dos congéneres europeus.

O principal índice da bolsa nacional (PSI-20) negoceia nos 7.697,49 pontos com 16 acções em queda e quatro a valorizar.

O BCP é o título que mais pressiona com uma desvalorização de 2,08% para os 0,895 euros. A restante banca acompanha com BES e BPI a perderem 0,87% para os 4,57 euros e 3,49% para os 1,964 euros, respectivamente.

A EDP também contribui para a tendência com uma queda de 1,58% para os 2,935 euros. A sua participada, EDP Renováveis, contraria e soma 0,12% para os 6,90 euros. A EDP Renováveis, através da Horizon Wind Energy, estabeleceu um contrato com a JPM Capital Corporation que lhe permitirá receber desde já 101,9 milhões de dólares (71,2 milhões de euros), ficando este investidor, ligado ao grupo JP Morgan, com o direito de receber os benefícios fiscais dos activos eólicos abrangidos pelo acordo.

No sector das telecomunicações, a Portugal Telecom e a Zon caem 1,03% para os 7,195 euros e 1,24% para os 4,06 euros no dia em que Autoridade da Concorrência condenou as duas empresas ao pagamento de uma multa no valor global de 53,062 milhões de euros por abuso de posição dominante. Os factos em causa remontam a 2002 e 2003, altura em que a Zon ainda integrava o Grupo PT.

A travar maiores perdas está hoje a Galp Energia, que valoriza 0,26% para os 9,985 euros.

Ver comentários
Outras Notícias