Bolsa Bolsa abre em queda com BCP e EDPR a pressionar

Bolsa abre em queda com BCP e EDPR a pressionar

O PSI-20 segue o desempenho negativo das principais praças europeias, depois das bolsas japonesas terem encerrado o dia em forte queda.
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 03 de fevereiro de 2016 às 08:20

A Bolsa nacional abriu em baixa, em linha com as principais praças europeias, que continuam a ser penalizadas pela baixa cotação do barril de petróleo, que nas últimas duas sessões registou a maior queda em sete anos.

 

O PSI-20 desce 0,34% para 4.964,57 pontos, com 13 cotadas em queda, duas em alta e duas sem variação. Nas praças europeias os índices marcar perdas também torno de 0,5%.

 

No Japão, o Nikkei encerrou a cair 3,15% e o Topix desvalorizou 3,15%. As acções nipónicas foram penalizadas pelas fortes vendas de títulos e que têm sido fomentadas pela queda dos preços do petróleo. A matéria-prima está esta quarta-feira estável, a negociar em torno dos 30 dólares em Nova Iorque e 32 dólares em Londres.

 

Mark Smith, da ANZ Bank New Zealand, numa nota aos clientes citada pela Bloomberg, aponta que desde o corte do Banco do Japão na semana passada que os mercados têm estado preocupados "que a situação mundial seja consideravelmente pior que o inicialmente previsto e que os bancos centrais não vão ser capazes de combater os riscos deflacionários movidos pela queda dos preços do petróleo".

 

A pressionar o PSI-20 está sobretudo o BCP, que desce 1,08% para 3,68 cêntimos, continuando em terreno negativo apesar de na segunda-feira ter anunciado que regressou aos lucros depois de quatro anos de prejuízos.

 

A EDP Renováveis também penaliza o índice português, com uma queda de 0,89% para 6,994 euros. A Galp Energia, penalizada pela descida da cotação do petróleo, cede 0,14% para 10,395 euros.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI