Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa acompanha tendência de queda das praças europeias

A bolsa nacional seguia em queda, acompanhando a tendência das congéneres europeias. O PSI-20 descia 0,49% com a Media Capital a registar a única subida no índice.

Paulo Moutinho 24 de Agosto de 2005 às 12:28
  • Partilhar artigo
  • ...

A bolsa nacional seguia em queda, acompanhando a tendência das congéneres europeias. O PSI-20 descia 0,49% com a Media Capital a registar a única subida no índice.

O principal índice nacional [psi20] seguia nos 7.758,73 pontos a recuar 0,49%, com 13 títulos em queda, seis inalterados e apenas um título valorizava. Na Europa as principais praças seguiam em queda pressionadas pelo sector da banca e pela subida do preço do petróleo em Londres e Nova Iorque.

Segundo Luís Duarte, da Caixa BI, «os dados das reservas de petróleo nos EUA, que são divulgados esta tarde [15h30], podem definir a tendência da bolsa nacional e das europeias».

O Banco Comercial Português (BCP) [bcp] descia 0,46% para os 2,17 euros, depois de ter valorizado 3,81% em quatro dias. O Banco BPI [bpin] e o Banco Espírito Santo (BES) [besnn] seguiam inalterados nos 3,54 euros e 13,00 euros, respectivamente.

A Energias de Portugal (EDP) [edp] desvalorizava 0,45% para os 2,22 euros e a Brisa [brisa] recuava 0,29% para os 6,82 euros.

No grupo Sonae a Sonae SGPS [son] seguia inalterada nos 1,22 euros e a Sonaecom [snc] a caía 0,31% para os 3,22 euros.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] recuava 0,25% para os 7,86 euros e era o título mais transaccionado porque, segundo Luís Duarte da Caixa BI «com as acções neste valor assiste-se há entrada de novos investidores». A sua subsidiária PT Multimédia [PTM] desvalorizava 0,97% para os 8,16 euros.

A Media Capital [mcp] era o único título do PSI-20 que seguia a valorizar, com as acções da dona da TVI a subir 0,44% para os 6,88 euros com os rumores de que ainda «existe a possibilidade da RTL querer lutar pelo controlo» da empresa, afirmou Luís Duarte.

O reforço da RTL na Media Capital não é visto pelos analistas como uma tentativa de tomar o controlo da empresa, mas sim um investimento para elevar a posição de 11,6% para os 20%, o novo patamar que as IAS exigem para uma consolidação patrimonial, segundo o BPI.

Nos restantes títulos de media a Cofina [cof] recuava 1% para os 2,96 euros e a Impresa [ipr] seguia a descer 0,38 % para os 5,18 euros.

Ver comentários
Outras Notícias