Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa da Malásia sofre maior queda da última década pressionada por resultados das eleições

As bolsas da Malásia sofreram a queda mais acentuada da última década, depois dos partidos da oposição terem ganho quase metade dos estados que estavam em eleições no passado dia 8 de Março. Estes resultados foram os piores dos últimos 50 anos para a coli

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 10 de Março de 2008 às 10:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas da Malásia sofreram a queda mais acentuada da última década, depois dos partidos da oposição terem ganho quase metade dos estados que estavam em eleições no passado dia 8 de Março. Estes resultados foram os piores dos últimos 50 anos para a coligação que está no governo.

As companhias do sector da construção, como a Malaysian Resources e a UEM World, pressionaram os índices devido aos receios de que o governo não continue com o plano de investimento público de 63 mil milhões de dólares (41,04 mil milhões de euros). O índice de acções de Kuala Lumpur depreciou 10%, o máximo permitido por dia, tendo a negociação sido suspensa posteriormente.

"O risco é de que os projectos sejam adiados uma vez que deverá haver uma maior análise por parte da oposição" referiu Jason Lee da JMF Asset Management em Kuala Lumpur, segundo a Bloomberg.

A moeda da Malásia, o ringgit, também desvalorizou e atingiu o valor mais baixo desde Junho, enquanto que o risco de não pagamento de dívidas do governo da Malásia assumiu valores recordes.

Mais lidas
Outras Notícias