Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa de Moscovo mantém ganhos apesar das sanções impostas pela União Europeia e Estados Unidos

Os analistas explicam que existe uma sensação de alívio entre os investidores, uma vez que na lista das novas sanções não estão as principais cotadas do mercado russo.

Negócios 29 de Abril de 2014 às 12:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Na sessão desta terça-feira, 29 de Abril, a Bolsa de Moscovo está a registar uma tendência positiva, apesar de a União Europeia e os Estados Unidos terem imposto novas sanções a cidadãos russos. Os investidores mostraram-se, porém, aliviados ao conhecerem que nenhuma das grandes empresas cotadas no índice Micex-RTS foi alvo de sanções.

 

As previsões faziam temer que as penalizações recaíssem sobre as gigantes da Bolsa russa, como a empresa de gás Gazprom ou alguns dos principais bancos. A OAO Rosneft, outra grande companhia petrolífera russa, valoriza 1,6% depois de ser conhecido que a sanção aplicada ao presidente executivo, Igor Sechin, não afectaria a empresa.

 

A resposta dos investidores traduz-se em subidas no índice Micex-RTS que já superaram 1,5% na sessão desta terça-feira, 29 de Abril. Os analistas esperam que as novas sanções tenham um impacto muito reduzido na economia russa.

 

No mercado de divisas, o rublo regista a primeira subida em três sessões. A moeda russa está a valorizar 0,3% para 41,9235 face ao cabaz do Banco Central Europeu que reúne euros e dólares.

 

"É um descanso saber que nenhuma grande empresa foi alvo das novas sanções", comenta o investidor do R&B Investiment Fund, Andrey Vashevnik, citado pela Bloomberg.

 

Os destinatários das novas sanções dos Estados Unidos são sete personalidades e 17 empresas russas próximas do presidente Vladimir Putin. A União Europeia também adicionou mais 15 nomes à lista de sancionados. A Rússia reagiu garantindo que a resposta será "dolorosa".

 

Ver comentários
Saber mais Bolsa de Moscovo Rússia Vladimir Putin União Europeia Estados Unidos sanções
Outras Notícias