Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa lidera ganhos na Europa com Galp e JM a impulsionar

A bolsa nacional lidera os ganhos na Europa, impulsionada essencialmente pela Galp Energia, que sobe mais de 1%, e pela Jerónimo Martins, que avança mais de 2%. O PSI-20 aprecia 0,51% numa sessão em que algumas praças do velho continente negoceiam em terreno negativo. A Teixeira Duarte destaca-se com um ganho superior a 6%.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 13 de Janeiro de 2010 às 11:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A bolsa nacional lidera os ganhos na Europa, impulsionada essencialmente pela Galp Energia, que sobe mais de 1%, e pela Jerónimo Martins, que avança mais de 2%. O PSI-20 aprecia 0,51% numa sessão em que algumas praças do velho continente negoceiam em terreno negativo. A Teixeira Duarte destaca-se com um ganho superior a 6%.

O principal índice da bolsa nacional (PSI-20) negoceia nos 8.778,34 pontos, com 14 cotadas a subir, quatro a descer e duas inalteradas. Na Europa, a tendência é mista com as bolsas que sobem a serem animadas por notas de recomendação positivas.

Já o sector da banca europeu está ser pressionado pelos resultados da Société Générale, que divulgou os resultados relativos ao quarto trimestre, em que registou um “lucro ligeiro”, depois de ter apresentado desvalorizações de activos no valor de dois mil milhões de euros.

Por cá, a Galp Energia anima o PSI-20. A petrolífera ganha 1,38% para 12,825euros, animada pela notícia de que a Petrobras deverá fazer uma parceria com a empresa portuguesa e pela emissão de uma nota de investimento da Goldman Sachs, que reviu o preço-alvo em alta de 20,3% para 14,8 euros. A recomendação do banco de investimento subiu para “manter” de “vender”.

Já a Jerónimo Martins avança 2,76% para 7,221 euros impulsionada pela nova avaliação do HSBC. O banco iniciou a cobertura com um preço-alvo de 8,35 euros e uma recomendação de “overweight”.

A EDP sobe 0,54% para 3,147 euros enquanto a sua participada, EDP Renováveis, desliza 0,33% para os 6,877 euros.

No entanto, o destaque pela positiva vai para a Teixeira Duarte, que sobe 6,64% para os 1,125 euros. A construtora já valorizou 8,44% para os 1,144 euros com o mercado a especular quanto à possibilidade do surgimento de alternativas à OPA lançada pela CSN.

Em queda seguem títulos como a Brisa, que escorrega 0,23% para os 7,427 euros e como a Mota-Engil, que deprecia 0,21% para os 3,882 euros.

Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal


Ver comentários
Outras Notícias