Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional cai 1% penalizada pelo grupo EDP e Galp

A bolsa nacional está a acentuar a desvalorização registada no arranque da sessão e recua agora mais de 1%. Entre as restantes praças europeias, o vermelho é também a cor dominante.

Bloomberg
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 03 de Maio de 2016 às 10:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A bolsa de Lisboa está a acentuar as perdas registadas no início da sessão. O PSI-20 desce 1,05% para 5.032,90 pontos, com 16 cotadas em queda e duas inalteradas. Entre as restantes congéneres europeias, o sentimento é também de perdas. O principal índice holandês lidera as desvalorizações no Velho Continente, ao recuar 1,78%, seguido do germânico DAX, que desce 1,68%.

Em destaque na Europa está terça-feira estão os resultados de bancos. O banco francês BNP Paribas beneficiou da redução das provisões para crédito mal-parado e viu os seus lucros aumentarem de 1,65 mil milhões para 1,81 mil milhões de euros. Os analistas contactados pela agência Bloomberg esperavam uma queda para 1,26 mil milhões de euros. As acções estão a subir 1,93% para 46,85 euros.


O britânico HSBC também surpreendeu o mercado mas com uma queda dos lucros inferior à esperada. O resultado do banco caiu de 7,1 mil milhões de dólares no primeiro trimestre de 2015 para 6,1 mil milhões de dólares nos primeiros três meses deste ano. Os analistas aguardavam uma queda bem mais acentuada para 4,3 mil milhões de dólares. Os títulos do banco inglês estão a recuar 1,07% para 447,65 pence.


Em Lisboa, destaque pela negativa para os títulos do sector energético que são os que mais penalizam o comportamento da praça portuguesa. A EDP desvaloriza 1,55% para 3,104 euros. A eléctrica apresenta resultados esta terça-feira e os analistas do CaixaBI antecipam que a empresa liderada por António Mexia obtenha lucros de 239 milhões de euros nos primeiros três meses de 2016, o que representa uma subida de 1% relativamente ao resultado líquido apresentado no período homólogo. Foi ainda revelado esta madrugada, que a EDP Brasil vai realizar um aumento de capital.

A EDP Renováveis desce 1,98% para 6,72 euros. A empresa apresenta os seus números amanhã e o CaixaBI estima que os lucros da cotada liderada por Manso Neto deverão ter aumentado 24% para 69 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano. 

A Galp Energia desvaloriza 0,46% para 11,995 euros,  já depois de o Goldman Sachs ter elevado o preço-alvo da retalhista de 10,50 para 10,60 euros, numa nota em que o banco norte-americano salientou os resultados acima do previsto e as melhores perspectivas para o segundo trimestre.


A REN cai 0,83% para 2,644 euros.

 

A Jerónimo Martins desvaloriza 1,35% para 14,235 euros. A Sonae perde 0,82% para 96,2 cêntimos.

 

Na banca, o BCP desce 1,53% para 3,86 cêntimos. Este comportamento está a ter lugar depois de esta segunda-feira, o banco liderado por Nuno Amado ter apresentado as suas contas. E no primeiro trimestre deste ano, a instituição teve lucros de 46,7 milhões de euros. Este montante compara com os 70,4 milhões de euros registados um ano antes. Uma diferença homóloga de 23,7%. Os analistas consultados pela Reuters apontavam para um lucro de 39 milhões de euros.

 

O BPI cede 0,27% para 1,093 euros.

 

A Nos desliza 0,24% para 6,33 euros. 

Ver comentários
Saber mais bolsa banca PSI-20 JM Galp Energia
Outras Notícias