Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional encerra o dia a ganhar mais de 1% com 19 cotadas em alta

A bolsa nacional fechou o dia em alta, a subir 1,29%, em linhas com as restantes congéneres europeias. Jerónimo Martins, Portugal Telecom, BCP e Zon lideraram os ganhos da sessão de hoje do índice português.

A carregar o vídeo ...
Jorge Garcia jorgegarcia@negocios.pt 17 de Junho de 2013 às 16:48
  • Partilhar artigo
  • 18
  • ...

O principal índice da bolsa nacional terminou o dia a apreciar 1,29% para 5.843,71 pontos, com 19 cotadas em alta e uma em queda, acompanhando a tendência positiva dos principais mercados europeus.

 

Na Europa a maioria dos mercados registaram uma subida, recuperando da maior série de perdas dos últimos 14 meses, numa altura em que os investidores aguardam pela conferência de imprensa de Ben Bernanke, na próxima quarta-feira. A possibilidade do presidente da Fed ir tentar desdramatizar eventuais mexidas nos estímulos e assegurar que as taxas de juro nos EUA irão permanecer baixas "por um período prolongado" está a deixar os mercados mais sossegados.

 

Por cá, a subida da bolsa nacional foi hoje conduzida pela Jerónimo Martins, Portugal Telecom e BCP. A empresa dona dos supermercados Pingo Doce fechou o dia a avançar 1,71% para 16,69 euros, ao passo que a PT apreciou 1,96% para 3,171 euros. O BCP registou uma subida de 2,02% para 0,101 euros.

 

Outros dos destaques do índice nacional foram a Zon e a Sonae. As empresas lideradas por Rodrigo Costa e Paulo Azevedo registaram subidas de 5,24% e 3,14% para 3,778 euros e 0,756 euros, respectivamente.

 

Na Zon continua-se à espera que a Autoridade da Concorrência acabe de analisar o processo de fusão entre a empresa liderada por Rodrigo Costa e a Optimus, esperando-se uma decisão para breve.

 

Também nas telecomunicações o destaque do dia vai para a Telefónica, a maior empresa espanhola do ramo, que registou uma subida de 2,3%, para máximos de três meses, depois de ter sido noticiado que a norte-americana AT&T lhe terá lançado uma OPA (oferta pública de aquisição) no valor de 70 mil milhões de euros (prémio de 30% por acção).

 

O BES manteve a tendência de subida registada a meio da sessão, tendo terminado o dia com uma subida de 0,14% para 0,723 euros, num dia em que foi noticiado que a instituição liderada por Ricardo Salgado terá entrado na corrida para comprar o Banca della Svizzera Italiana (BSI), um banco suíço especializado na gestão de activos e que integra a terceira maior seguradora de Itália, a Assicurazioni Generali. 

 

Notícias mais recentes dão conta de que o espanhol Bankinter, em parceira com o fundo de investimento Apollo Global Management, terá realizado uma oferta superior àquela que foi apresentada pelo banco português.

 

A ganhar mais de 3% estiveram ainda os títulos da Mota-Engil. A construtora anunciou este domingo, 16 de Junho, que ganhou a adjudicação de várias obras em diversos países africanos, que adicionam 500 milhões de euros à sua carteira de encomendas no continente, algo que é visto como "mais um passo na direcção necessária", segundo os analistas do CaixaBI. As acções valorizaram 3,76% para os 2,289 euros.

 

A impedir maiores ganhos da bolsa nacional esteve apenas a Semapa, que depreciou 0,32% para 6,51 euros.

 


Ver comentários
Saber mais Bolsa PSI-20 BCP JM Zon PT Euronext
Outras Notícias