Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional sobe mais de 1,5% animada pelo BCP e Galp

A bolsa nacional iniciou a sessão com um ganho expressivo, num dia marcado pela reacção dos investidores aos resultados dos testes de stress à banca europeia. Na bolsa nacional o BCP está a subir mais de 4% e a Galp, que revelou os seus resultados esta segunda-feira, sobe mais de 3,5%.

A carregar o vídeo ...
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 27 de Outubro de 2014 às 08:08
  • Partilhar artigo
  • 26
  • ...

O PSI-20 sobe 1,54% para 5.251,96 pontos, com 14 acções em alta, duas em queda e duas inalteradas. Entre os congéneres europeus a tendência é igualmente de subida, no dia em que os investidores estão a reflectir os resultados dos testes de stress à banca europeia realizados pelo Banco Central Europeu (BCE). Dos 130 bancos do euro analisados, 25 falharam os testes de esforço, num cenário adverso. É em Itália que os testes, no entanto, caíram mais pesadamente. Dos 15 bancos analisados, nove chumbaram. 

 

Em Porrtugal, CGD e BPI passaram nos testes de stress realizados pelo BCE. Já o BCP chumbou no cenário mais adverso, ainda que já não precise de tomar medidas uma vez que já reforçou o seu capital este ano.

 

Foi precisamente isto que o Nuno Amado explicou no domingo, 26 de Outubro, quando foram divulgados os resultados dos testes de stress à banca europeia. "Não vai ser necessário fazer qualquer aumento de capital nem qualquer venda forçada", garantiu o responsável.

 

Também no domingo, e precisamente com o objectivo de revelar o estado do banco actual. O BCP revelou os seus resultados dos primeiros nove meses do ano, revelando que teve prejuízos de 98,3 milhões de euros, o que representa uma diminuição de 83,5% face às perdas de 597,3 milhões registadas no final de Setembro do ano passado. Esta redução resultou do aumento do produto bancário e do corte de custos operacionais.

 

As acções do BCP estão a subir 4,36% para 9,8 cêntimos. 

 

Já o BPI, que foi, de acordo com os resultados do testes, o melhor banco ibérico, também revelou, ainda na sexta-feira, 24 de Outubro, os seus resultados do terceiro trimestre, tendo revelado  prejuízos na ordem dos 114 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. A melhoria das contas no terceiro trimestre ocorreu, mas os custos com reformas antecipadas impediram um resultado líquido positivo.

 

Os títulos do banco liderado por Fernando Ulrich avançam 0,52% para 1,56 euros. 

 

Quem revelou os seus resultados esta segunda-feira, 27 de Outubro, foi a Galp Energia, tendo revelado que os seus lucros ascenderam a 236 milhões de euros, nos primeiros nove meses do ano, o que corresponde a um aumento de 8% face a 2013.

 

Os títulos da petrolífera estão a avançar 3,52% para 11,75 euros. 

 

A contribuir para a subida do índice está também a Portugal Telecom , cujas acções sobem 2,18% para 1,077 euros, bem como a Nos, que aprecia 0,63% para 4,47 euros.

 

No sector energético, a EDP valoriza 1,37% para 3,327 euros e a EDP Renováveis cresce 0,52% para 5,177 euros. Já a REN contraria esta tendência e desce 0,08% para 2,447 euros.

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 BCP Galp mercados
Outras Notícias