Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa poderá contar com mais 330 milhões de acções do BCP a 15 de Janeiro

O Banco Comercial Português (BCP) poderá contar com mais cerca de 330 milhões de acções em bolsa a partir de 15 de Janeiro, isto porque os valores convertíveis do banco, os VMOC, vencem a 30 de Dezembro e as acções do BCP serão depositadas nas contas dos

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 13 de Dezembro de 2005 às 19:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Banco Comercial Português (BCP) poderá contar com mais cerca de 330 milhões de acções em bolsa a partir de 15 de Janeiro, isto porque os valores convertíveis do banco, os VMOC, vencem a 30 de Dezembro e as acções do BCP serão depositadas nas contas dos titulares 15 dias após a data de vencimento.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercados de Valores Mobiliários (CMVM), o BCP [BCP] avisa os accionistas que, a 30 de Dezembro de 2005, se vence a emissão dos Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC) - Capital BCP 2005.

Nessa altura, opera-se a respectiva conversão.

Os VMOC, denominados «Capital BCP 2005», foram emitidos pelo BCP em 2002, permitindo aos titulares beneficiar de uma taxa de juro de 9% ao ano e do potencial de crescimento das acções do banco ao longo de três anos, até ao final de 2005.

Para efeitos de conversão, o número de acções BCP a atribuir a cada titular dos VMOC resulta do quociente entre o valor nominal total dos valores detidos e o preço de conversão que é de 2,115 euros.

«Se deste quociente não resultar um número inteiro, e atenta a impossibilidade de serem entregues fracções de acções, o resultado será arredondado por defeito para um número inteiro de acções, tendo o titular o direito a receber, em numerário o valor equivalente à fracção remanescente, determinado pela multiplicação desta fracção pelo preço de conversão», segundo o banco.

A emissão dos valores convertíveis totalizou 700 milhões de euros, com opção de vencimento antecipado. Assim, serão necessárias um total de cerca de 330 milhões de acções para entregar aos detentores dos VMOC.

Caso alguns titulares tenham optado por uma conversão antecipada, então o número de acções a entregar pelo BCP - provavelmente com recurso a um aumento de capital - será menor.

«As novas acções BCP estarão disponíveis para registo em conta do titular dos Valores em prazo que se estima não exceda 15 dias a contar da data do respectivo vencimento», diz o banco de investimento no comunicado.

As acções do BCP fecharam hoje em subida de 0,48% para os 2,10 euros.

Ver comentários
Outras Notícias