Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa portuguesa acompanha perdas da Europa

A bolsa portuguesa mantém a tendência de queda e acompanha as perdas que se estão a registar nas restantes praças europeias. O PSI-20 recua 0,35% pressionado pelo BCP, que ontem subiu quase 3%, e pela EDP que cai mais de 1% após a apresentação dos resulta

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 09 de Março de 2007 às 13:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa portuguesa mantém a tendência de queda e acompanha as perdas que se estão a registar nas restantes praças europeias. O PSI-20 recua 0,35% pressionado pelo BCP, que ontem subiu quase 3%, e pela EDP que cai mais de 1% após a apresentação dos resultados de 2006.

O principal índice da bolsa portuguesa [psi20] negoceia nos 11.571,14 pontos com sete títulos a subir, onze a descer e dois inalterados.

A bolsa de Lisboa está a ser pressionada pela Energias de Portugal [edp] que ontem anunciou uma queda de 12% do resultado líquido de 2006, devido à redução das mais-valias. Este valor superou as estimativas dos analistas mas a boa performance da empresa não deverá ter um impacto significativo nas avaliações dos bancos de investimento. Os títulos da eléctrica recuam 1,47% para os 4,03 euros.

A pressionar a bolsa portuguesa está também o sector da banca que na sessão de ontem registou fortes ganhos. O BCP [bcp] cai 0,73% para os 2,71 euros, depois de ontem ter subido quase 3%. O BPI [bpin] recua 0,31% para os 6,53 euros e o BES [besnn] segue inalterado nos 14,26 euros.

As acções da Brisa [brisa] desvalorizam 0,40% para os 9,86 euros e a PTMultimédia [ptm] cai 1,07% para os 11,05 euros. A Impresa recua 1,04% para 4,75 euros, depois de ter apresentado ontem os resultados de 2006, que ficaram abaixo das estimativas dos analistas.

A Portugal Telecom [ptc] lidera os ganhos do PSI-20 com uma valorização de 1,03% para os 9,79 euros. A UBS reiniciou hoje a cobertura da Portugal Telecom com uma preço-alvo de 10,20 euros e uma recomendação de "neutral 2".

Os títulos da Sonaecom [snc] sobem 1,04% para os 4,85 euros e a Sonae SGPS [son] segue inalterada nos 1,60 euros.

Ainda a impedir maiores perdas está a Cimpor [cimp] que valoriza 0,48% para os 6,33 euros e a Teixeira Duarte [txt] que avança 5,84% para 2,72 euros. A construtora está a beneficiar do novo preço-alvo da UBS para a empresa, de 3,40 euros, cotação que atribuía à empresa um potencial de subida de 32% face ao fecho de ontem. A Teixeira Duarte está ainda a beneficiar de uma noticia que dá conta que a empresa poderá ser indemnizada pelo Ministério da Justiça em 12,6 milhões de euros.

No positiva destaque também para a Cofina [cofi] que somava 1,68% para 1,82 euros, depois de ontem ter anunciado que os seus resultados líquidos de 2006 cresceram para os 9,7 milhões de euros.

A Galp sobe 0,41% para 7,34 euros, depois do CaixaBi ter subido o "target" da empresa para 8,25 euros.

Ver comentários
Outras Notícias