Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 sobe mais de 1% e supera os 7.000 pontos pela primeira vez desde Julho de 2011

BES, BCP, BPI, Mota-Engil, Portucel e Sonae já atingiram máximos de, pelo menos, 2011, contribuindo assim para que a bolsa nacional suba mais de 1% e supere os 7.000 pontos, o que já não acontecia desde 2011.

A carregar o vídeo ...
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 08 de Janeiro de 2014 às 09:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 51
  • ...

O PSI-20 avança 1,29% para 7.047,35 pontos, o que corresponde ao valor mais elevado desde Julho de 2011. Este é, aliás, o primeiro dia desde então, que o principal índice nacional consegue superar os 7.000 pontos.

 

Entre os congéneres europeus a tendência também é de ganhos, num dia que será marcado pela divulgação de vários dados económicos na Europa, nomeadamente a taxa de desemprego e as vendas a retalho na Europa. Os investidores aguardam também a divulgação da criação de postos de trabalho nos e as minutas da última reunião da Fed.

 

A contribuir para esta tendência na bolsa nacional está a Mota-Engil, ao subir 4,68% para 4,835 euros, tendo já subido mais de 7% para 4,95 euros, o que corresponde a um novo recorde de Junho de 2008, depois de ontem ter revelado que entrou no Zimbabué com contrato de 260 milhões de dólares e que conseguiu a adjudicação de projectos de 780 milhões de euros na Europa, África e América Latina.

 

O sector da banca também está a contribuir para este comportamento, ainda a beneficiar do regresso aos mercados por parte da Irlanda na terça-feira, 7 de Janeiro, o que ajudou a acentuar a queda das taxas de juro implícitas nas obrigações portuguesas.

 

E esta manhã BES, BCP e BPI já tocaram em máximos. Assim, o BES avança 4,34% para 1,249 euros, tendo já tocado nos 1,26 euros, o que representa o valor mais elevado desde Setembro de 2011. O BCP cresce 3,35% para 0,191 euros, superando os 19 cêntimos pela primeira vez desde Agosto de 2011. O BPI aprecia 2,3% para 1,425 euros, tendo tocado nos 1,43 euros, o que representa o valor mais elevado desde Novembro de 2010. O Banif aprecia 5,26% para 0,012 euros enquanto o ESFG desce 1,96% para 5,00 euros.

 

Fora da banca, a Sonae SGPS cresce 0,81% para 1,12 euros, tendo já atingido o valor mais elevado desde Maio de 2008, ao tocar nos 1,14 euros, e a Portucel recua 0,26% para 3,091 euros, tendo chegado a tocar de manhã nos 3,12 euros, o nível mais elevado desde Julho de 2007.

 

Destaque ainda para as acções da EDP, que avançam 1,13% para 2,771 euros, depois de ontem a EDP Finance, subsidiária da EDP, ter revelado que concluiu uma emissão de dívida em dólares. A eléctrica colocou 750 milhões de dólares em títulos de dívida com maturidade a 7 anos, mais que os 500 milhões noticiados esta manhã pela Bloomberg. De acordo com um comunicado emitido pela EDP para a CMVM, os títulos pagam um cupão de 5,25%, o que de pressupõe um “spread” de 300 pontos base acima da taxa de juro de mercado, o que se situa abaixo do intervalo indicado inicialmente. 

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 banca Euronext Mota-Engil
Outras Notícias