Bolsa Bolsas dos EUA caem com receios de guerra comercial

Bolsas dos EUA caem com receios de guerra comercial

As bolsas dos EUA iniciaram a sessão em queda, num dia marcado por um volume abaixo do normal, uma vez que há muitos mercados bolsistas fechados devido às comemorações da Páscoa. Os receios em torno da guerra comercial voltam a marcar o passo.
Bolsas dos EUA caem com receios de guerra comercial
Reuters
Sara Antunes 02 de abril de 2018 às 14:34

O Dow Jones desce 0,27% para 24.037,98 pontos e o Nasdaq perde 0,69% para 7.014,383 pontos. Já o S&P500 recua 0,3%.

As bolsas regressaram à negociação, depois de terem estado encerradas na sexta-feira, com os investidores apreensivos com o que estará por vir. Isto depois de as bolsas dos EUA terem fechado o primeiro trimestre do ano em queda, registando assim a primeira desvalorização trimestral desde 2015.

 

A contribuir para as quedas dos índices continuam os receios em torno da guerra comercial, depois de a China ter respondido aos EUA e implementado novas tarifas a produtos importados provenientes deste país.

 

Destaque para as acções da Amazon, que descem 1,92% para 1.419,48 dólares, depois de a empresa ter sido novamente alvo de Donald Trump. O presidente dos EUA acusou a maior retalhista online do mundo de beneficiar de taxas de correios baratas e de não pagar impostos suficientes.

As acções da Tesla também se destacam, pela negativa, ao deslizarem 4,58% para 253,95 dólares, depois de, durante o fim-de-semana, ter anunciado a recolha de 123 mil carros e de ter confirmado que o carro modelo X acidentado nos Estados Unidos, e que provocou a morte do seu condutor, tinha activado o sistema de piloto automático.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI