Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas americanas fecham semana em forte alta com OPA sobre Yahoo!

As principais bolsas dos Estados Unidos terminaram em alta, com o Standard & Poor’s a registar o melhor ganho semanal em cinco anos. As praças foram sustentadas com o lançamento de uma Oferta Pública de Aquisição da Microsoft sobre a Yahoo! no valor d

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 01 de Fevereiro de 2008 às 21:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As principais bolsas dos Estados Unidos terminaram em alta, com o Standard & Poor’s a registar o melhor ganho semanal em cinco anos. As praças foram sustentadas pelo lançamento de uma Oferta Pública de Aquisição da Microsoft sobre a Yahoo! no valor de 44,6 mil milhões de dólares (30 mil milhões de euros).

A Yahoo!, que é o segundo maior motor de busca da Internet, registou a valorização mais acentuada desde o dia da sua introdução em bolsa, em 1996. O Google, por seu lado, fragilizado com esta perspectiva de fusão e com os maus resultados anunciados hoje, teve a queda mais pronunciada desde o seu IPO, em Abril de 2004, tendo mesmo contribuído para anular parte das perdas do Nasdaq.

O Dow Jones [indu] fechou a ganhar 0,73%, fixando-se nos 12.743,19 pontos. O S&P 500 [spx] encerrou a subir 1,22%, nos 1.395,41 pontos. O índice compósito Nasdaq [ccmp] terminou a marcar 2.413,36 pontos, com uma valorização de 0,98%.

As bolsas americanas também foram impulsionadas pelo plano dos EUA para recuperar as seguradoras de emissões obrigacionistas, o que contribuiu para que os investidores esquecessem um pouco o mau indicador sobre os postos de trabalho hoje divulgado. A maior economia do mundo perdeu inesperadamente empregos, em Janeiro, pela primeira vez em mais de quatro anos, aumentando as apostas de que a Reserva Federal será obrigada a cortar novamente as taxas de juro para impedir um abrandamento económico.

O Google fechou a perder 8,58%, para 515,90 dólares, tendo chegado a estar a ceder 9,62%, ao fixar-se em 510 dólares, o que correspondeu à maior queda desde a sua entrada em bolsa.

A Yahoo!, em contrapartida, encerrou a ganhar 47,71%, ao estabelecer-se em 28,33 dólares.

A Microsoft terminou a perder 6,47%, para 30,49 dólares, pressionando também o Nasdaq, porque os investidores consideraram que o valor da oferta foi muito elevado.

"Não há nada como uma boa notícia sobre fusões e aquisições para que as coisas comecem a funcionar", comentou à Bloomberg um gestor da PanAgora Assent Management, Edgar Peters.

Os produtores de matérias-primas também contribuíram para os ganhos do mercado, depois de a Alcoa e a Aluminium Corp. of China terem desafiado a OPA da BHP Billiton sobre a Rio Tinto. As duas empresas compraram uma participação no valor de 14 mil milhões de dólares na Alcoa mas referiram que não pretendem fazer uma oferta de compra à companhia mineira.

Ver comentários
Outras Notícias