Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA encerram em terreno misto (act.)

As bolsas norte-americanas encerraram hoje em terreno misto, condicionadas pela divulgação de dados macroeconómicos. O Dow Jones caiu 0,08% e o Nasdaq avançou 0,59%.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 26 de Maio de 2004 às 21:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas encerraram hoje em terreno misto, com o índice industrial a sofrer com a divulgação de dados macroeconómicos, que evidenciaram que uma queda acima do esperado nas encomendas de bens duradouros em Abril, e com o ritmo mais lento dos últimos cinco meses nas vendas de casas. O Dow Jones caiu 0,08% e o Nasdaq avançou 0,59%.

O Dow Jones [INDU] fechou nos 10.109,82 pontos, a recuar 0,08%, enquanto o Nasdaq [CCMP] encerrou nos 1.976,15 pontos, a avançar 0,59%, depois de ontem ambos os índices terem atingido os ganhos mais significativos dos últimos dois meses.

As encomendas de bens duradouros realizadas nos EUA registaram uma queda de 2,9% em Abril passado, face ao mês imediatamente anterior, para 191,3 mil milhões de dólares (158,17 mil milhões de euros), depois de terem aumentado 5,7% em Março e 3,9% em Fevereiro, anunciou hoje o Departamento do Comércio dos EUA. Os economistas consultados pela Bloomberg esperavam que as encomendas caíssem 0,9%, para 194 mil milhões de dólares (160,41 mil milhões de euros) no período em análise.

A venda de casas novas nos Estados Unidos da América caiu 11,8% em Abril para o ritmo mais lento de cinco meses devido ao aumento das taxas de juro do crédito de habitação, para um ritmo anual de 1,093 milhões de casas unifamiliares, anunciou hoje o Departamento do Comércio em Washington. Os economistas consultados pela Bloomberg esperavam um declínio menor, para os 1,2 milhões de casas vendidas.

As perdas foram lideradas pelos grupos construtores, como a KB Home e a Hovnanian Enterprises, que recuaram 2,18% e 3,54%, para 65,47 dólares (54,07 euros) e 34,92 dólares (28,84 euros).

A companhia de vestuário e adereços Polo Ralph Lauren caiu 1,49%, para 33,10 dólares (27,34 euros), depois de ter anunciado que aguarda lucros anuais situados no intervalo entre nove e 12 cêntimos. Os analistas aguardavam 12 cêntimos, segundo os dados da Thomson.

Melhor dia teve o sector tecnológico, o que ‘empurrou’ o Nasdaq no sentido ascendente. A fabricante de equipamento para processar sinais de telecomunicações Applied Signal Technology aumentou 12,31%, para 29,55 dólares (24,41 euros) no dia em que anunciou ter registado no seu segundo trimestre fiscal lucros de 34 cêntimos por acção, face a 21 cêntimos por título um ano antes.

Também a Lucent Technologies, fabricante de equipamento telefónico, cresceu 7,06%, para 3,49 dólares (2,88 euros), no dia em que foi conhecido que a Cingular Wireless afirmou ter escolhido a companhia para a fornecer a sua rede «sem fios» em Atlanta.

O ADR da Portugal Telecom (PT) [PTC] avançou 1,57%, para 10,35 dólares (8,55 euros), enquanto em Lisboa as acções da operadora de telecomunicações terminaram a sessão a valorizar 1,31%, para 8,49 euros.

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] ficou inalterado, para 26,89 dólares (22,21 euros), enquanto em Lisboa os títulos da empresa atingiram os 2,20 euros, inalterados. Cada ADR equivale a 10 acções da eléctrica nacional.

Outras Notícias