Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA seguem a subir com dados da inflação

As bolsas dos Estados Unidos da América seguiam a subir, depois da inflação, em Novembro, ter subido três vezes menos do que no mês anterior. O Dow Jones subia 0,16% enquanto o Nasdaq avançava 0,02%.

Negócios negocios@negocios.pt 17 de Dezembro de 2004 às 15:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas dos Estados Unidos da América seguiam a subir, depois da inflação, em Novembro, ter subido três vezes menos do que no mês anterior. O Dow Jones subia 0,16% enquanto o Nasdaq avançava 0,02%.

O índice de preços no consumidor dos Estados Unidos subiu 0,2% em Novembro contra o mês anterior, três vezes menos que o verificado em Outubro, devido à desvalorização dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

Em Outubro, mês de recordes no preço do petróleo, o IPC tinha aumentado 0,6%, devido sobretudo à subida dos preços dos bens energéticos. A inflação de Novembro saiu em linha com o estimado pelos economistas.

O Dow Jones avançava 0,16% para os 10.723,23 pontos impulsionado por empresas como a MacDonalds, que subia 0,67% para os 32,88 euros, como a Intel, que avançava 0,39% para os 22,96 dólares e como a IBM com uma valorização de 0,12% para os 97,57 dólares. A Merck caía 2,49% para 31 dólares.

O Nasdaq somava 0,02% para os 2.146,58 pontos com o contributo da Google, com um avanço de 0,53% para os 177,40 dólares e da Time Warner que subia 0,31% para os 19,58 dólares. A Siebel travava maiores ganhos com uma queda de 5,39% para os 3,86 dólares.

A Nike valorizou depois de ter anunciado lucros que ultrapassaram as expectativas dos analistas seguia a somar 5,68% para os 90,78 dólares.

Ver comentários
Outras Notícias