Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA sobem animadas por dados económicos

Os principais índices bolsistas dos Estados Unidos fecharam em alta, animados pelos dados dos pedidos de subsídio de desemprego e pela redução, inesperada, do défice da balança comercial norte-americano.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 10 de Dezembro de 2009 às 21:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Os principais índices bolsistas dos Estados Unidos fecharam em alta, animados pelos dados dos pedidos de subsídio de desemprego e pela redução, inesperada, do défice da balança comercial norte-americano.

O Dow Jones subiu 0,67% para 10.405,83 pontos, o Nasdaq cresceu 0,33% para 2.190,86 pontos e o S&P500 avançou 0,58% para 1.102,34 pontos.

A média móvel de quatro semanas para os pedidos iniciais de subsídio de desemprego desceu para 473.750 na semana passada, contra 481.500, anunciou hoje o Departamento norte-americano do Trabalho, citado pela Bloomberg. Tratou-se da média de quatro semanas mais baixa desde o total de 470.250 pedidos registados no final da semana de 27 de Setembro do ano passado.

E apesar dos pedidos de subsídio de desemprego terem aumentado na semana passada, o facto é que a média das últimas quatro semanas desceu, o que animou as perspectivas em relação à recuperação do mercado laboral.

A animar a negociação esteve também a divulgação do défice da balança comercial, que diminuiu, inesperadamente em Outubro, período no qual se verificou uma queda do dólar que levou a um aumento das exportações.

“A subida registada nas bolsas deve-se claramente aos dados sobre o desemprego”, comentou à Bloomberg um gestor da Boston Advisors, Michael Vogelzang. “É evidente que a economia continua a fortalecer”, acrescentou.

As acções da Caterpillar subiram hoje 1,26% para 56,89 dólares e os títulos da Wal-Mart avançaram 1,05% para 54,64 dólares.

No sector tecnológico a tendência também foi de ganhos, com a Yahoo a avançar 1,97% para 15,49 dólares e a *Amazon* a crescer 3,10% para 135,38 dólares.

A travar estiveram as acções do Bank of America que desceram 1,23% para 15,20 dólares.

1 euro = 1,4732 dólares

Veja também:

As cotações dos principais índices

A evolução das acções do Dow Jones e Nasdaq 100


Ver comentários
Outras Notícias