Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias sobem mais de 2,5% à boleia do sector automóvel e da Fed

Os principais índices europeus registam subidas em torno de 2,5%, impulsionadas pelo sector automóvel, que avança quase 3,5% depois das fortes perdas das últimas sessões. A animar os investidores está ainda o esclarecimento da Fed sobre a subida dos juros.

Investidores reagem com alguma apreensão ao resultados das eleições na Grécia no início da sessão
Reuters
Rita Faria afaria@negocios.pt 25 de Setembro de 2015 às 11:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas europeias estão e negociar em alta esta sexta-feira, 25 de Setembro, impulsionadas pelo sector automóvel e pelas orientações dadas pela presidente da Reserva Federal norte-americana sobre o rumo da política monetária nos Estados Unidos.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, sobe 2,83% para 349,24 pontos, depois de ter deslizado mais de 2% na sessão de ontem, pressionado pelas cotadas do sector automóvel.

A liderar os ganhos na Europa estão o índice holandês, com uma subida de 3,31%, e o francês CAC40, que avança 3,34%. O alemão DAX ganha 2,67% e o espanhol IBEX sobe 2,25%. A subida mais tímida é da bolsa de Atenas, que valoriza 1,21%.

Responsável pela desvalorização do Stoxx600 na sessão de ontem, o sector automóvel é hoje o que mais impulsiona as bolsas europeias, com uma subida de 3,40%. Neste sector o destaque vai para a Peugeot, que avança 4,81% e para a Fiat Chrysler, que ganha 4,23%. A BMW desce 0,16% e a Volkswagen soma 1,16%, no dia em que será conhecido o novo CEO da empresa.

Matthias Mueller, actual CEO da Porsche, é apontado como o mais provável sucessor de Martin Winterkorn, que se demitiu da liderança da Volkswagen esta quarta-feira, depois de desvendado o caso da manipulação dos gases poluentes em motores diesel.

A contribuir para a subida dos principais índices bolsistas do Velho Continente estão ainda as palavras da presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos, que contribuíram para clarificar os planos da Fed acerca da subida dos juros no país. Ontem, num discurso proferido em Massachusetts, Yellen afirmou que a Fed está pronta para subir os juros ainda este ano, sinalizando, contudo, que, se a economia trouxer surpresas, os planos do banco central podem mudar.

 

Ver comentários
Saber mais presidente da Reserva Federal Estados Unidos Europa CAC40 DAX IBEX Peugeot Fiat Chrysler BMW Volkswagen Matthias Mueller Porsche Martin Winterkorn Fed
Outras Notícias