Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias voltam a cair e negoceiam em mínimos de 2009

Os mercados bolsistas da Europa perdem pela oitava sessão consecutiva e vivem o mais longo ciclo de quedas desde 2003.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 09 de Agosto de 2011 às 09:44
O índice de referência da região, Stoxx 600, cai 1,90% para os 224,62 pontos, com 569 dos seus 600 títulos a negociarem no vermelho, e já desvaloriza mais de 24% desde o máximo do ano atingido a 17 de Fevereiro.

A maioria das bolsas do Velho Continente cai mais de 2%. É o caso da bolsa portuguesa, inglesa, alemã e holandesa. Os restantes mercados desvalorizam mais de 1%, incluindo o espanhol e o italiano, que já estiveram a negociar em alta.

Na Ásia, a sessão de hoje nos mercados bolsistas também foi marcada por fortes quedas, isto após Wall Street ter ontem encerrado a desvalorizar mais de 5%. O S&P 500 perdeu 6,66% para 1.119,46 pontos, um mínimo de Setembro de 2009, e dos seus 500 membros, nem um conseguiu escapar ao vermelho.

Os mercados bolsistas estão a ser duramente afectados pelos receios de um novo abrandamento económico – ou mesmo uma recessão – nos Estados Unidos e pelo agravamento da crise da dívida soberana na Zona Euro, que ontem forçou o Banco Central Europeu a ir ao mercado secundário comprar dívida italiana e espanhola e travar, assim, a forte subida dos juros da dívida dos dois países.
Ver comentários
Saber mais Europa bolsas Stoxx 600 S&P 500
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio