Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas norte-americanas encerram em terreno misto

As bolsas norte-americanas terminaram a sessão de hoje em terreno misto, pelo segundo dia consecutivo, com o Dow Jones a cair 0,5% e o Nasdaq a valorizar 1,07%.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 04 de Março de 2004 às 21:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas terminaram a sessão de hoje em terreno misto, pelo segundo dia consecutivo, com o Dow Jones a cair 0,5% e o Nasdaq a valorizar 1,07%.

O Dow Jones [INDU] fechou nos 10.588,00 pontos, a cair 0,05% enquanto o Nasdaq [CCMP] encerrou nos 2.055,12 pontos, a subir 1,07%.

As perdas foram lideradas pela DuPont, que recuou 1,24%, para 44,51 dólares (36,50 euros). O julgamento em que a companhia, entre outras, é acusadas de alegadamente fabricar tintas nocivas para a saúde pública foi adiado para o próximo ano.

As vendas do maior retalhista do mundo, a Wal- Mart, aumentaram 6,2% em Fevereiro, acima do previsto pela empresa. A maior retalhista mundial terminou a sessão a valorizar 0,96%, para 60,94 dólares (49,99 euros).

As acções da BellSouth apreciaram 1,57%, para 29,05 dólares (23,83 euros). A Telefónica e a participada Telefónica Móviles, cujas acções estão suspensas, confirmaram, em comunicado, a existência de negociações com a BellSouth para aquisição de alguns activos da companhia na América Latina, pelo valor máximo de seis mil milhões de dólares.

A Intel valorizou 2,10%, para 29,65 dólares (24,32 euros), depois dos analistas preverem hoje que a companhia poderá não desapontar os investidores quando em breve fizer as novas previsões para o primeiro trimestre de 2003, mesmo que não atinja o valor máximo do intervalo da estimativa já feita.

A farmacêutica Merck avançou 1,46%, para 47,80 dólares (39,21 euros), depois de ter anunciado a sua previsão de lucros para o primeiro trimestre de 2004, que ficou em linha com a estimativa dos analistas.

Na economia, as notícias hoje divulgadas foram na sua maioria positivas. O número de pedidos iniciais de subsídio ao desemprego nos EUA registou uma redução de 7.000 registos, para um total de 345 mil, na semana que terminou a 28 de Fevereiro passado, avançou hoje o governo norte-americano, em linha com as previsões doa analistas.

A produtividade nos Estados Unidos avançou 4,4% em 2003, depois de em 2002 ter crescido 5%. É a primeira vez desde 1947 que em dois anos seguidos a produtividade cresce mais de 4%. No quarto trimestre, a produtividade cresceu 2,6%, menos do que o esperado pelo governo norte-americano e analistas.

As encomendas às fábricas norte-americanas desceram 0,5% em Janeiro, devido às reduções no sector dos transportes e em linha com o estimado pelos analistas, anunciou o Departamento do Comércio.

O american depositary receipt (ADR) da Portugal Telecom (PT) [PTC] avançou 0,17% para 11,52 dólares (9,45 euros), enquanto em Lisboa as acções da operadora de telecomunicações ficaram inalteradas, nos 9,40 euros.

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] caíram 0,79% para 28,83 dólares (23,65 euros), enquanto em Lisboa a empresa viu os seus títulos encerrarem nos 2,35 euros, a cair 1,26%. Cada ADR equivale a 10 acções da eléctrica nacional.

Outras Notícias