Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BP, Repsol e Cepsa seguem Galp na antecipação dos biocombustíveis

As gasolineiras ainda não têm a autorização para a importação dos biocombustíveis exigidos pelo Governo, mas para evitar um impacto mais expressivo nos consumidores, já estão todas a cobrar este valor.

Bloomberg
Paulo Moutinho 03 de Fevereiro de 2015 às 17:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A Galp Energia foi a primeira, mas todas as outras gasolineiras de referência seguiram o exemplo e começaram esta semana a aplicar  o custo extra associado à incorporação dos biocombustíveis, o que implicou um aumento superior nos preços de venda ao público do que aquele que resultou do comportamento dos derivados do petróleo nos mercados internacionais na última semana.

 

Em vez de aumentos entre 0,5 e um cêntimo por litro do gasóleo e da gasolina, respectivamente, nos postos da Galp Energia registaram-se na segunda-feira aumentos de 1,5 e dois cêntimos por cada litro destes combustíveis. Na BP, o gasóleo subiu um cêntimo, mas na Repsol e Cepsa subiu em 1,5 cêntimos esta terça-feira. Na gasolina, subiram todas em dois.

 

Estas subidas traduzem a valorização registada nas cotações de ambos os derivados do petróleo nos mercados internacionais, na última semana, ganho ampliado pela queda do euro, mas também a introdução por parte das empresas da componente associada aos biocombustíveis (em torno de um cêntimo por litro).

 

As gasolineiras avançaram com a introdução deste custo extra ainda que não existam ainda as autorizações necessárias para que possam avançar com a importação dos biocombustíveis necessários para cumprir com as novas regras. Isto um mês depois de passarem a ser obrigatórios e quase dois de as empresas as terem solicitado à DGEG.

 

Ao anteciparem uma inevitabilidade, as gasolineiras estão a aliviar o eventual impacto desta decisão do Executivo, caso esta fosse aplicada mais tarde. A meta para os biocombustíveis é avaliada com base nos volumes anuais de combustíveis comercializados pelas gasolineiras. Supondo que as autorizações só chegam em meados do ano, o custo para os consumidores em cada litro poderia ter de ser o dobro daquele que agora foi aplicado.

Ver comentários
Saber mais combustíveis gasolina gasóleo mercado cotações petróleo impostos taxa carbono biocombustíveis
Mais lidas
Outras Notícias