Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI atinge novo máximo com recuperação de rumores de OPA

As acções do Banco BPI inverteram a tendência de queda e negociavam no valor mais elevado de Março de 2001, com os operadores a continuarem a atribuir a valorização ao espectro de Oferta Pública de Aquisição (OPA) por parte de um banco estrangeiro.

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 02 de Agosto de 2005 às 12:39

As acções do Banco BPI inverteram a tendência de queda e negociavam no valor mais elevado de Março de 2001, com os operadores a continuarem a atribuir a valorização ao espectro de Oferta Pública de Aquisição (OPA) por parte de um banco estrangeiro.

Os títulos do banco liderado por Fernando Ulrich valiam 3,47 euros, a subir 1,46%, depois de terem estado a cair 0,88% para os 3,39 euros. Foram movimentados 688.728 papéis do banco.

As acções do Banco BPI já acumulam um ganho de 7,45% desde 26 de Julho, dia em que foram renovados os rumores de que o banco possa vir a ser alvo de uma Oferta Pública de Aquisição por parte de uma instituição estrangeira, ou que alguns accionistas de referência reforcem no capital do banco por razões contabilísticas.

«A história é velha, mas os títulos continuam em alta», explicou um operador ao Jornal de Negócios Online.

As acções [bpin] seguiam nos 3,47 euros.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio