Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI considera resultados da Cimpor “neutrais”

O BPI considera "neutral" os resultados apresentados ontem pela Cimpor referentes aos primeiros nove meses do ano.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 14 de Novembro de 2006 às 11:57

O BPI considera "neutral" os resultados apresentados ontem pela Cimpor referentes aos primeiros nove meses do ano.

A Caixa BI sublinha que os resultados líquidos e o EBITDA da cimenteira portuguesa surpreenderam pela positiva, tendo ficado acima das expectiativas.

A cimenteira anunciou ontem que nos primeiros nove meses de 2006 o resultado líquido subiu de 196,2 milhões de euros para 214,3 milhões de euros, o que representa um aumento de 9,3%.

O EBITDA do grupo registou um crescimento de 12,5% para os 434 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. No entanto, na análise por países, Portugal foi o único onde a Cimpor registou uma queda do EBITDA, com uma redução de 13,4% para os 135,2 milhões de euros. O grupo justifica esta redução com a "crise acentuada" que se verifica no mercado da construção português.

"Continuamos a observar uma transferência de valor do mercado português para o crescente mercado espanhol", diz o BPI.

Os resultados financeiros da cimenteira agravaram-se nos primeiros nove meses do ano – com uma queda de 9 milhões de euros – em parte devido a uma perda de 4,2 milhões de euros com a venda da Nova Cimangola.

Na análise do terceiro trimestre, o valor das vendas ficou 2% abaixo das estimativas do BPI e o EBITDA ficou 3% acima do previsto. O EBIT da cimenteira ficou 5% acima da previsões.

Segundo o BPI, estes resultados revelam um terceiro trimestre "positivo" que demonstra os benefícios "de uma adequada diversificação geográfica".

Também para a Caixa BI, os valores do EBITDA e dos resultados líquidos ficaram 6,7% e 4,2%, respectivamente, acima das estimativas.

Estes resultados reflectem "uma melhor ‘performance’ nos mercados de Portugal, Espanha, Marrocos, Tunísia".

A recomendação do BPI e da Caixa BI para a Cimpor é "comprar".

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio