Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Britânica Vodafone atinge mínimo desde 1998 após estimativas de vendas pouco animadoras

A britânica Vodafone anunciou hoje que as vendas das suas filiais na Alemanha e Itália deverão atingir 19,4 mil milhões de euros em 2006. Os investidores não gostaram dos números e a empresa atingia um mínimo desde 1998.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 03 de Maio de 2002 às 09:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A britânica Vodafone, principal accionista da Vodafone Telecel, anunciou hoje que as vendas das suas filiais na Alemanha e Itália deverão atingir 19,4 mil milhões de euros em 2006. Os investidores não gostaram dos números e a empresa atingia um mínimo desde 1998.

A Vodafone realizou hoje uma projecção para o mercado alemão e italiano, estimando que em Abril de 2006 terá 43,9 milhões de clientes de telefonia móvel nos dois países, gerando receitas de 19,4 mil milhões de euros.

Na Alemanha a Vodafone controla a D2 e na Itália detém a Omnitel e estima que em Abril de 2003 tenha vendas de 13,3 mil milhões de euros, abaixo do esperado.

Estas projecções foram mal recebidas pelos investidores, que pressionaram as cotações da empresa britânica, que atingiu o valor mais baixo desde Fevereiro de 1998, cotando pela primeira vez abaixo de uma libra.

As acções da líder mundial nas telecomunicações móveis caíram 8,06% até às 0,9975 libras (1,61 euros).

Em Abril de 2001 a capitalização bolsista da Vodafone ascendia a 140 mil milhões de libras (226 mil milhões de euros), estando agora a valer 68,4 mil milhões de libras (110,45 mil milhões de euros).

Em Portugal a Vodafone Telecel também atingiu hoje um mínimo do ano, nos 7,45 euros.

Outras Notícias