Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BVLP negoceia 20,4 milhões de euros até às 9h30; 462 mil euros no mercado «after hours» (act)

O Mercado «after hours» transaccionou hoje 462,95 mil euros, com seis empresas a negociarem, em conjunto, um total 120.217 títulos, dos quais 100 mil foram acções da Semapa. Até às 9h30 foram negociados 20,4 milhões de euros.

Duarte Costa 01 de Fevereiro de 2002 às 20:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
<>(altera título para actualziar com volume de negócios efectuado na BVLP até às 9h30)

O Mercado «after hours» transaccionou hoje 462,95 mil euros, com seis empresas a negociarem, em conjunto, um total 120.217 títulos, dos quais 100 mil foram acções da Semapa. Até às 9h30 foram negociados 20,4 milhões de euros.

O novo período de funcionamento da Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP), que entrou hoje em vigor, dispõe de um período «afters hours» onde as empresas do PSI20 podem ser negociadas ao preço de fecho registado às 16h30.

A Semapa [SEMA] foi a empresa que registou maior o volume de transações no Mercado «after hours» com um total de 100 mil acções, seguido da Sonae SGPS [SON] com 20 mil títulos.

O Banco Comercial Português [BCP] passou 110 acções e a Portugal Telecom [PTC] transaccionou 100 títulos, enquanto a Electricidade de Portugal [EDP] e a Jerónimo Martins [JMAR] passaram três e quatro títulos, respectivamente.

No total foram realizados nove negócios.

Mais de cinco milhões de acções até às 9h30

Para além do «after hours» a BVLP estreou hoje um novo horário, com a abertura de negociação marcada para as 8h00, contra as 9h30 anteriores.

Segundo um comunicado da BVLP, entre as 8h30 e as 9h30 da manhã de hoje foram efectuados 2.142 negócios, com 5.009.147 acções, que corresponderam a um volume total de 20,399 milhões de euros.

No total a BVLP negociou hoje 96 milhões de euros através de 9.940 negócios que movimentaram 25,32 milhões de euros.

A BVLP fez um balanço positivo do novo horário referindo que « primeiro dia de funcionamento do novo horário de negociação nos mercados a contado e de derivados decorreu dentro da normalidade».

Ver comentários
Outras Notícias