Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CaixaBI estima lucros de 23,4 milhões de euros para a Sonae Capital

A casa de investimento da CGD acredita que a Sonae Capital tenha alcançado lucros de 23,4 milhões de euros no primeiro semestre deste ano. O CaixaBI decidiu manter o preço-alvo da Sonae Capital nos 63 cêntimos.

16º - Cláudia Azevedo - Sonae Capital: 176,9 mil euros
David Santiago dsantiago@negocios.pt 26 de Julho de 2016 às 18:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Sonae Capital deverá relevar os resultados do primeiro semestre do ano no dia 29 de Julho, com o CaixaBI a estimar que o EBITDA tenha recuado 44,1%, de 12,1 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2015 para 6,7 milhões entre Janeiro e Junho deste ano.


Numa nota de "research" divulgada esta terça-feira, 26 de Julho, já depois do fecho da bolsa nacional, a unidade de investimento da Caixa Geral de Depósitos (CGD) – CaixaBI – manteve inalterada a recomendação sobre as acções da Sonae Capital em "acumular", tendo também reiterado o preço-alvo nos 63 cêntimos, o que tendo em conta os 58,7 cêntimos com que hoje a empresa fechou a negociações bolsista confere um potencial de valorização de 7,33%.
 

Os analistas da unidade de investimento da CGD antecipam ainda que as vendas da cotada no primeiro semestre deste ano tenham sido 10% menores do que no período homólogo, devido, em grande medida, à menor contribuição dada pela unidade de energia da empresa e ao menor volume de vendas das propriedades incluídas no Troiaresort.

 

Mas ainda assim, o CaixaBI antecipa que ambas as unidades tenham recuperado no segundo trimestre. Estes analistas antecipam que tanto as menores vendas como o EBITDA mais pequeno sejam compensados pela alienação da participação da Sonae Capital na Norscut – que o CaixaBI estima ter atingido os 26 milhões de euros - o que deverá permitir à empresa liderada por Cláudia Azevedo alcançar lucros de 23,4 milhões de euros nos primeiros seis meses deste ano, valor que compara com os lucros de 200 mil euros obtidos em igual período do ano passado.

 

Assim, o CaixaBI antevê que a Sonae Capital tenha recuperado no segundo trimestre de 2016, beneficiando da normalização da atribuição de processos dos Golden Visa, o que terá contribuído para uma aceleração das vendas de imóveis. 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

Ver comentários
Saber mais Sonae Capital CaixaBI CGD Research Lucros Preço-Alvo EBITDA Cláudia Azevedo
Mais lidas
Outras Notícias