Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Citigroup corta "target" da PT para preço abaixo da cotação

O Citigroup reduziu o preço-alvo das acções da Portugal Telecom para 8,5 euros, em parte para descontar o dividendo extraordinário. O novo “target” confere um potencial de desvalorização aos títulos.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 02 de Dezembro de 2010 às 12:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Os analistas do Citigroup cortaram o preço-alvo das acções da Portugal Telecom, para 8,5 euros.

O novo preço-alvo representa um corte substancial ao “target” anterior, que era de 11 euros. A recomendação continua a ser de “manter”, de acordo com nota de investimento a que o Negócios teve acesso.

“Dois terços da redução do preço-alvo (1,65 euros) está relacionada com a distribuição do dividendo extraordinário”, explica a equipa de analistas liderada por Simon Weeden.

Mas não foi apenas esse o factor que levou à revisão do “target”. O banco de investimento norte-americano manifesta-se preocupado com o aumento do risco associado à dívida soberana, o “capex” mais elevado do que o previsto no Brasil e as expectativas de uma desempenho operacional abaixo do previsto nas telecomunicações móveis no mercado interno.

No entanto, “a Portugal Telecom tem um bom histórico de resistência às dificuldades e deve continuar a superar a fraqueza da conjuntura macroeconómica e fazer a joint-venture com a Oi funcionar”, comenta a casa de investimento.

As acções da Portugal Telecom estão a subir 2,34% para 9,99 euros.

Ver comentários
Saber mais pt portugal telecom citigroup research análise preço-alvo dividendo
Outras Notícias