Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CMVM pede esclarecimentos à Camargo Corrêa sobre fusão com a Cimpor

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) solicitou à Camargo Corrêa que esclarece o mercado sobre "algumas dúvidas" suscitadas pela proposta de fusão, apresentada hoje à Cimpor. A empresa brasileira tem de responder já amanhã.

Paulo Moutinho 13 de Janeiro de 2010 às 20:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) solicitou à Camargo Corrêa que esclarece o mercado sobre “algumas dúvidas” suscitadas pela proposta de fusão, apresentada hoje à Cimpor. A empresa brasileira tem de responder já amanhã.

No comunicado emitido no “site”, numa área criada especificamente para a OPA da CSN e a fusão da Camargo, a CMVM solicita uma “melhor clarificação ao mercado” de dois pontos relativos à proposta da Camargo Corrêa.

Em primeiro lugar, o regulador pretende que seja clarificado “o sentido da expressão ‘oferta não vinculativa’ constante da proposta” apresentada hoje, que é uma alternativa à OPA da CSN.

Pede também esclarecimentos “sobre a eventual subordinação da proposta de fusão do oferente a uma condição eventualmente dependente de facto próprio (a aquisição de uma participação no capital social da Cimpor de entre 15% e 35%)”.

A brasileira Camargo Corrêa tem agora até amanhã para satisfazer os pedidos de esclarecimento da entidade presidida por Carlos Tavares. Estes terão de ser enviados à CMVM até às 13H.

Ver comentários
Outras Notícias