Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cofina sobe mais de 5% e atinge máximo desde 2000

A Cofina estava a subir 5,21%, tendo atingido já o valor mais elevado desde Dezembro de 2000, ao alcançar os 3,25 euros, um dia depois de ter anunciado um crescimento de 12% das receitas da sua participada de media Investec, relativas aos dois primeiros m

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 26 de Março de 2004 às 10:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Cofina estava a subir 5,21%, tendo atingido já o valor mais elevado desde Dezembro de 2000, ao alcançar os 3,25 euros, um dia depois de ter anunciado um crescimento de 12% das receitas da sua participada de media Investec, relativas aos dois primeiros meses.

Os títulos da Cofina SGPS – proprietária do Canal e Jornal de Negócios – alcançaram hoje os 3,25 euros, subindo 5,86% face ao fecho da sessão ontem e alcançando o valor mais elevado desde Dezembro de 2000. As acções da companhia [COFI] seguiam agora a apreciar 3,58%, para 3,18 euros, com 174,577 títulos negociados.

O grupo divulgou ontem os resultados da sua participada Investec, empresa de media da Cofina que vai dispersar capital em bolsa. A Investec terminou os dois meses de 2004 com receitas de 14,8 milhões de euros, mais 12%, registo que lhe permite afirmar que «já ultrapassou a crise publicitária» que afectou o mercado nos últimos dois anos, segundo comunicado ontem divulgado. As receitas de Janeiro e Fevereiro superaram as próprias estimativas da empresa. As receitas de circulação registavam um crescimento de 14% e as de publicidade 9%.

No início desta semana, a Caixa Banco de Investimento (Caixa BI) aumentou o preço-alvo para a Cofina de 3,1 euros para 3,5 euros, uma revisão em alta de 12,9%, devido essencialmente aos resultados relativos a 2003, apresentados pela empresa. O banco de investimento deixou inalterada a recomendação para as acções da Cofina em acumular, concedendo à empresa um «rating» de «outperform», considerando que vai superar o sector.

Ver comentários
Outras Notícias