Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Comissões fazem disparar reclamações sobre contas

O crédito ao consumo abandonou o primeiro lugar nas queixas dos clientes bancários, cedendo o primeiro lugar às contas de depósitos. Tudo graças à subida acentuada das reclamações sobre comissões à ordem, destaca o Banco de Portugal.

André Tanque Jesus andrejesus@negocios.pt 17 de Maio de 2016 às 16:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O número de reclamações dos clientes bancários voltou a cair em 2015. Ainda assim, as queixas ficaram acima das 13 mil, com as contas de depósitos a liderarem enquanto matéria mais reclamada. Dispararam mesmo 12,5 % face ao ano anterior, tudo graças às comissões cobradas pelos bancos.

Pelo segundo ano consecutivo, as reclamações dos clientes bancários registaram uma diminuição, segundo o Relatório de Supervisão Comportamental, divulgado pelo Banco de Portugal esta terça-feira, 17 de Maio. Foram registadas menos 4,7% queixas, com o valor a fixar-se nos 13.487.

Tal como nos anos anteriores, a grande maioria destas reclamações (7.219) foi feita directamente ao Banco de Portugal, nomeadamente através do Portal do Cliente Bancário. Mas o peso do Livro de Reclamações aumentou, passando de 6.088 para 6.268 queixas.

Entre as matérias reclamadas, o grande destaque vai para as contas de depósitos. Superaram o crédito ao consumo e passaram para o topo das queixas, tendo disparado para assumir um terço do total das reclamações. Uma evolução contrária à grande maioria das matérias, graças às contas à ordem. Estas representaram 92,8% do total de contas de depósitos.

Entre estas, aponta o Banco de Portugal, "destaca-se o aumento do peso relativo das reclamações relacionadas com comissões, por contrapartida da redução das reclamações relativas a movimentação e penhoras ou insolvências". Apesar da redução, as queixas sobre crédito ao consumo são ainda relevantes, representando 26,4% do total.

Ver comentários
Saber mais Banco de Portugal reclamações contas de depósitos comissões Carlos Costa crédito ao consumo crédito mercados
Mais lidas
Outras Notícias