Bolsa Como Trump mexeu nas bolsas em dez episódios

Como Trump mexeu nas bolsas em dez episódios

Trump atacou muitas empresas e os seus líderes ao longo destes dois últimos anos desde que ganhou as eleições dos Estados Unidos a 8 de Novembro de 2016. Veja 10 dos mais marcantes.
Carla Pedro 10 de novembro de 2018 às 15:00

Trump atacou muitas empresas e os seus líderes ao longo destes dois últimos anos. Das farmacêuticas ao sector automóvel, passando pela tecnologia, muitas foram alvo de pressão para baixarem preços ou reduzirem as suas actividades fora de território norte-americano.

Essa pressão mexeu com os mercados, muitas vezes de forma negativa, mas o saldo das bolsas americanas é positivo nesta primeira metade do mandato do chefe da Casa Branca.

Nunca, nos últimos 64 anos, o S&P500 subiu tanto entre as eleições presidenciais e as intercalares. Entre as eleições ganhas por Trump, em Novembro de 2016, e as eleições para o Congresso desta terça-feira, o índice de referência americano avançou 28%. Apesar da recente correcção nas acções, nos últimos dois anos, Wall Street bateu recordes sucessivos. E houve vários episódios que revelaram a influência de Trump nos mercados, como quando em Dezembro de 2016 usou o Twitter para atacar as gigantes da aeronáutica e as aeroespaciais.

Em cima estão listados 10 dos episódios mais mediáticos das medidas de Trump que mais mexeram com as bolsas.

A carregar o vídeo ...



pub