Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Conselho Europeu e "precipício orçamental" dominam as atenções

Chefes de governo discutem o "Roteiro" para o futuro da UE.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 10 de Dezembro de 2012 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Conselho Europeu que começa quinta-feira em Bruxelas é o principal destaque da semana nos mercados europeus. Um encontro em que será debatida pelos chefes de governo a proposta da Comissão sobre o "Roteiro" para o futuro da União Europeia. Para as bolsas o factor determinante deverá continuar a ser a discussão sobre o "precipício orçamental" nos EUA.

Em cima da mesa no Conselho Europeu estará o documento apresentado em Novembro por José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia, e que pretende complementar as medidas de curto prazo que têm sido tomadas no combate à crise com uma visão estratégica para o futuro da UE.

"Temos de combater esta crise de confiança mostrando que estamos prontos para fortalecer a cooperação e integração financeira, orçamental, económica e política", afirmou Barroso, na apresentação do seu "Roteiro".

Na véspera do Conselho Europeu de quinta e sexta-feira, está também agendada uma reunião dos ministros das Finanças dos 27 para discutir a supervisão bancária. No dia seguinte, quinta-feira, há outra reunião, apenas entre os ministros dos países do euro, com as crises na Grécia e no Chipre na agenda.

Economia europeia

Os encontros dos líderes europeus têm como pano de fundo a confirmação pelo Eurostat de que a Zona Euro entrou em recessão técnica no terceiro trimestre, de acordo com dados divulgados na semana passada. Os índices de gestores de compras (PMI), a divulgar na sexta-feira, serão uma boa oportunidade para olhar para a tendência futura da actividade económica.

"Depois da ligeira melhoria dos índices em Novembro, prevemos um novo avanço nas leituras de Dezembro", diz o RBC Capital Markets. "No entanto, os índices de indústria e serviços devem continuar a mostrar uma queda da actividade, algo consistente com a nossa avaliação de que a recessão na Zona Euro continuará neste último trimestre do ano", acrescentam.

EUA ainda à beira do precipício

O "precipício orçamental" deverá continuar a ditar o rumo das bolsas, numa altura em que se aproxima o final do ano e continua a não haver acordo entre republicanos e democratas.

As declarações dos envolvidos no processo serão de acompanhamento obrigatório. Poderem indicar que o entendimento está longe ou próximo. É esperado, pelo menos, um acordo parcial que suavize o impacto da subida de impostos e cortes da despesa que estão previstos.

O "padrinho" da expressão "precipício orçamental", Ben Bernanke, protagoniza quarta-feira a sua conferência de imprensa trimestral, minutos depois de se conhecerem as últimas decisões da Reserva Federal sobre política monetária.

Ver comentários
Saber mais bolsa semana agenda Conselho Europeu precipício orçamental
Mais lidas
Outras Notícias