Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cotadas portuguesas alvo de OPA são as que mais ganham na Europa

São sete as empresas portuguesas  incluídas nos importantes índices sectoriais da Dow Jones para a Zona Euro, e duas delas apresentam o melhor desempenho bolsista de 2006 entre as suas congéneres. São precisamente as duas cotadas portuguesas que fora

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 25 de Agosto de 2006 às 06:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

São sete as empresas portuguesas incluídas nos importantes índices sectoriais da Dow Jones para a Zona Euro, e duas delas apresentam o melhor desempenho bolsista de 2006 entre as suas congéneres. São precisamente as duas cotadas portuguesas que foram alvo de uma oferta pública de aquisição – a PT e o Banco BPI.

Em 2006, a Portugal Telecom valoriza 14,7%, a melhor «performance» entre os 13 membros do DJ Euro Stoxx Telecommunications, um índice composto por 13 companhias da Zona Euro, que este ano apresenta uma queda de 5,3%. Este está a ser, aliás, um ano negativo para o sector na Europa, sendo mesmo este o índice sectorial Dow Jones para a Zona Euro que mais perde em 2006.

Várias operadoras históricas europeias - como a France Télécom e a Deutsche Telekom - reviram em baixa as suas previsões de resultados, devido à pressão da concorrência e da perda de negócio da rede fixa nas suas receitas. Por isso, são apenas cinco as companhias da Zona Euro que acumulam valorizações em bolsa este ano.

A «performance» bolsista do BPI é ainda mais favorável, com o banco de Fernando Ulrich a ser o que mais valoriza entre os 45 membros do DJ Euro Stoxx Banks. A subida de 51,3% das acções do quinto maior banco português é quase cinco vezes superior ao desempenho do sector este ano, que aprecia 11,8%.

Outras Notícias