Mercados Credores de Pedro Caldeira reembolsados a partir de Janeiro

Credores de Pedro Caldeira reembolsados a partir de Janeiro

Os credores da sociedade liderada por Pedro Caldeira vão começar a ser reembolsados a partir de Janeiro pela respectiva comissão liquidatária. Conheça toda a história no trabalho de quatro páginas que o Jornal de Negócios publica na edição de amanhã.
Negócios 20 de dezembro de 2007 às 21:56

Os credores da sociedade liderada por Pedro Caldeira vão começar a ser reembolsados a partir de Janeiro pela respectiva comissão liquidatária. Conheça toda a história no trabalho de quatro páginas que o Jornal de Negócios publica na edição de amanhã.

Quinze anos depois do encerramento do escritório e da fuga do antigo corretor para os Estados Unidos, uma venda de créditos ao BCP permitiu reunir os meios para satisfazer as pretensões de colaboradores, fornecedores, antigos clientes e do próprio Estado. Mas os recursos financeiros obtidos pelo liquidatário, José Bracinha Vieira, não deverão chegar para todas as solicitações.

Pedro Caldeira foi uma figura-chave na euforia que tomou conta da Bolsa de Lisboa na segunda metade dos anos 80, dispondo da maior quota de mercado entre os corretores que actuavam na praça financeira da capital. Conheça toda a história na edição de amanhã do Jornal de Negócios.