Mercados Crise do porco na China faz disparar preço em todo o mundo

Crise do porco na China faz disparar preço em todo o mundo

A peste suína africana está a matar centenas de milhões de porcos, sobretudo na China. A redução da oferta está a fazer aumentar o preço da carne, que este ano pode registar maior a subida em 15 anos, segundo dados da FAO.
Crise do porco na China faz disparar preço em todo o mundo
David Martins
Bloomberg 20 de outubro de 2019 às 12:34

O preço da carne de porco em carcaça na Europa subiu 31% no espaço de um ano, enquanto a de leitão disparou 56%, segundo a Bloomberg. A manter-se esta tendência, este ano poderá registar o maior aumento desde 2004, quando a doença das vacas loucas e a gripe das aves levou a uma maior procura por suínos.

 

Segundo o índice da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, na sigla inglesa), o preço da carne de porco sobe 21% este ano. A confirmar-se, será o maior aumento desde 2004, quando disparou 34%.

 

Desta vez a causa está na disseminação da peste suína, que está a obrigar ao abate de centenas de milhões de porcos, em particular na China onde tem grande consumo.

 

"Não interessa onde se está no mundo neste momento, os preços do porco estão a subir em todo o lado", disse à Bloomberg Justin Sherrard, estratego de proteína animal do Rabobank em Utrecht. "A China é o foco do mercado neste momento. Primeiro porque é grande, depois porque é o primeiro país onde a peste suína africana começou a atacar".

 

Os preços vão continuar elevados pelo menos durante os próximos três meses até ao Ano Novo Chinês, a 25 de Janeiro, altura em que ocorre um pico no consumo de porco na China, Vietname e noutros países da região. Os retalhistas "não terão outra hipótese" que não passar pelo menos parte do custo acrescido para os consumidores, afirmou Sherrard.

 

Até ao final de 2020, o número de cabeças de porco na China deverá baixar 40% face ao início de 2018 para 275 milhões. A produção global deverá recuar 10% no próximo ano, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

 

Esta vaga de peste suína é já considerada a maior epidemia animal de sempre. A quebra na produção na China leva a um aumento das importações que pressiona em alta os preços em todo o mundo.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI