Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crude sobe com especulação que OPEP não irá compensar corte na produção

O crude atingiu, na sessão de hoje, o nível mais alto da última semana, com a preocupação de que a OPEP poderá não vir a compensar o corte de produção no Médio Oriente, causado pela guerra no Iraque e o conflito na Nigéria.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 27 de Março de 2003 às 13:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O crude atingiu, na sessão de hoje, o nível mais alto da última semana, com a preocupação de que a OPEP poderá não vir a compensar o corte de produção no Médio Oriente, causado pela guerra no Iraque e o conflito na Nigéria.

O Iraque irá retomar as suas exportações de petróleo dentro de três meses, segundo o «marshall» britânico, Brian Burrige, citado pelas agências internacionais.

A produção na Nigéria foi interrompida pela Royal Dutch Shell e por outras produtoras em 3,3 milhões de barris por dia, um valor acima das estimativas da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP). Esta interrupção já dura há dez dias.

O «brent», ou petróleo do Mar do Norte [CO1], para entrega em Abril subia 4,59% para os 26,45 dólares (24,75 euros).

O crude [CL1], para entrega em Abril valorizava 4,12% para os 29,81 dólares (27,89 euros).

O porto do Iraque, Mina al-Bark, que exporta cerca de um milhão de barris por dia, foi encerrado, segundo um responsável pela marinha norte-americana. Segundo as estimativas dos analistas, citados pelas agências internacionais, em Fevereiro, o Iraque produzia 2,48 milhões de barris por dia.

A OPEP já tinha afirmado que não colmatava nenhuma falha na produção de petróleo no Médio Oriente, causada pelo conflito no Iraque.

O representante da OPEP, citado pela agência Bloomberg, afirmou que é possível que a organização se reuna de emergência devido à conjuntura do mercado.

Ver comentários
Outras Notícias