A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dados económicos condicionam bolsas em Nova Iorque (act)

A quebra na confiança nos consumidores e o índice de actividade industrial condicionou o índice Dow Jones, no fecho, a cair 0,24%, atingindo a primeira redução em três sessões, enquanto o Nasdaq acabou por encerrara positivo a crescer 0,17%.

Bárbara Leite 30 de Dezembro de 2003 às 21:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A quebra na confiança nos consumidores e o índice de actividade industrial condicionou o índice Dow Jones, no fecho, a cair 0,24%, atingindo a primeira redução em três sessões, enquanto o Nasdaq acabou por encerrara positivo a crescer 0,17%.

O índice Nasdaq ganhou 0,17% para os 2.009,88 pontos, enquanto o Dow Jones desvalorizou 0,24% para os 1.0425,04 pontos.

Os analistas contactados pela Bloomberg anteviam que o índice de confiança dos consumidores, na maior economia mundial, tocasse nos 91,8 pontos. No entanto, o valor anunciado caiu para 91,3 pontos em Dezembro.

Também os dados relativos à actividade industrial vieram decepcionar os investidores que optaram por uma maior pressão vendedora em Nova Iorque.

Todavia, o índice Nasdaq, perto do fecho, registou uma maior pressão compradora. As acções da Dell, a Microsoft e a Interactive Corp foram as principais responsáveis pela valorização do índice no fecho.

O índice de actividade industrial na região de Chicago caiu para 59,2 pontos, mais que o esperado pelos analistas. As previsões apontavam para uma queda para os 62 pontos este mês depois de ter registado um máximo de 64,1 pontos no mês passado.

Os investidores estão focados nos resultados das empresas e a perda de confiança dos consumidores poderá ter impacto no consumo das famílias e, por sua vez, nas receitas das cotadas. Facto que afectou a negociação do Dow Jones.

As acções da Alcoa lideravam as perdas do Dow Jones, com uma desvalorização de 2,03%. A Wal-Mart perdeu 0,21%, a Disney recuou 0,81%.

Ver comentários
Outras Notícias