Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Défice comercial dos Estados Unidos cresce acima do que esperado

O défice comercial norte-americano cresceu em Fevereiro mais do que o esperado, em resultado de uma subida das importações que parece sinalizar uma recuperação do crescimento económico.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 13 de Abril de 2010 às 14:01
  • Partilhar artigo
  • ...
O défice comercial norte-americano cresceu em Fevereiro mais do que o esperado, em resultado de uma subida das importações que parece sinalizar uma recuperação do crescimento económico

No espaço de um mês, o défice subiu 7,4% para 39,7 mil milhões de dólares, segundo os dados hoje divulgados pelo Departamento norte-americano do Comércio, citados pela agência Bloomberg. As importações cresceram 1,7%, com os norte-americanos a comprarem sobretudo mais computadores e televisões fabricadas no estrangeiro. As exportações também cresceram para o valor mais elevado desde Outubro de 2008.

“O principal condutor do crescimento do défice comercial é o consumo dos americanos que ultimamente estão mais confiantes e a começar a despender outra vez em produtos estrangeiros”, disse o economista-chefe do Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, Chris Rupkey à Bloomberg. “Os mercados externos também estão a assistir à continuação do crescimento”.

A necessidade de reconstituir inventários delapidados e o crescimento das despesas dos consumidores sugerem que a aquisição de bens e serviços no estrangerio vai continuar a crescer nos próximos meses. As exportações deverão também continuar a expandir-se, acompanhando o crescimento global.

A maioria dos 77 analistas consultados pela Bloomberg esperava que o défice comercial crescesse para 38,5 mil milhões de dólares, face ao valor inicialmente reportado para Janeiro, de 37,3 mil milhões de dólares.
Ver comentários
Outras Notícias