Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Direitos da PTM negoceiam em 0,01 euros com «desinteresse» do mercado

Os direitos da PT Multimédia (PTM) chegaram a transaccionar hoje em 0,01 euros (2 escudos), um movimento que era explicado pelo «desinteresse» do mercado em relação ao papel, segundo operadores.

João Mata 17 de Julho de 2001 às 10:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os direitos da PT Multimédia (PTM) chegaram a transaccionar hoje em 0,01 euros (2 escudos), um movimento que era explicado pelo «desinteresse» do mercado em relação ao papel, segundo operadores.

Os direitos da PTM [PTMS] iniciaram a negociar há duas sessões, nos 0,10 euros (20 escudos) tendo iniciado «a cotar no preço justo, mas desde então têm vindo a cair a pique», afirmou Filipe Silva, operador da LJ Carregosa.

A mesma fonte defendeu que esta evolução pode estar relacionada com «um desinteresse total no título, porque tem feito sucessivos aumentos de capital sem trazer nada de novo ao mercado».

Os referidos direitos estão associados a um aumento de capital dos actuais 42,32 milhões de euros (8,48 milhões de contos), para um máximo de 63,48 milhões de euros (12,73 milhões de contos), com o objectivo de financiar a aquisição do grupo de media Lusomundo.

A evolução dos direitos, que deixam de transaccionar a partir do dia 27 de Junho pode também estar relacionada com o facto de alguns investidores estarem a fazer arbitragem, «desfazendo-se das acções da PTM [PTM] (…) porque as novas acções vão ter um desconto de 10%» face à média ponderada das cinco sessões anteriores à fixação do preço para o aumento de capital».

Às 10h24, os direitos da PTM cotavam nos 0,02 euros (4 escudos), inalterados face ao fecho da sessão de ontem, enquanto as acções da PTM recuavam 4,45% para os 9,45 euros (1.895 escudos).

Ver comentários
Outras Notícias