Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Direitos sobem e levam acções do BES a recuperar de mínimo de 1996

Os direitos de subscrição de acções do aumento de capital do Banco Espírito Santo seguem hoje a negociar com fortes ganhos depois de terem acumulado uma desvalorização de 41% nas últimas três sessões. Este comportamento impulsionou as acções que seguem a valorizar mais de 4% recuperando do mínimo de 1996 alcançado ontem.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 27 de Março de 2009 às 10:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Os direitos de subscrição de acções do aumento de capital do Banco Espírito Santo seguem hoje a negociar com fortes ganhos depois de terem acumulado uma desvalorização de 41% nas últimas três sessões. Este comportamento impulsionou as acções que seguem a valorizar mais de 4% recuperando do mínimo de 1996 alcançado ontem.

Os direitos de subscrição de acções do BES seguem hoje a valorizar 15,38% para 1,373 euros. Apesar da subida, os direitos ainda estão mais baratos que as acções, uma vez que, o valor de equilíbrio ao qual comprar direitos ou acções seria indiferente, é de 1,459 euros, à cotação actual do BES em bolsa.

À cotação de 1,373 euros, corresponde um preço teórico das acções de 2,83 euros, inferior em 6 cêntimos ao preço de 2,89 euros a que os títulos do BES estão a negociar na sessão de hoje.

A negociação dos direitos prolonga-se até ao próximo dia 1 de Abril. Estão no mercado 500 milhões de direitos, que permitem adquirir 666 milhões de novas acções do BES, títulos com os quais o banco vai encaixar 1.200 milhões de euros. Por cada direito os investidores podem subscrever 1,3333 novas acções, pagando 1,80 euros por cada uma.
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias